Publicidade

Notícias de saúde

Aids: Experiência do Brasil Serve de Modelo para África

A experiência do Brasil no combate à Aids será adotada na África para o controle da doença, país no qual a epidemia já atingiu índices considerados assustadores e atinge mais de doze por cento da população daquele país. A decisão aconteceu por parte da Unaids, um dos órgãos vinculados as Nações Unidas no combate à doença. A partir dessa decisão, vários representantes da área governamental brasileira farão reuniões com as autoridades de pelo ao menos cinco países do continente africano, durante o a 13º Conferência Internacional sobre Aids, que acontecerá no próximo fim de semana, na cidade de Durban, na África do Sul.

Segundo a coordenação do Programa de Doenças Sexualmente Transmissíveis e Aids do Ministério da Saúde, conta na pauta de trabalho das equipes de profissionais brasileiros, as soluções que levaram o país a reduzir a mortalidade. As equipes têm ainda como proposta de trabalho, a realização de um treinamento de profissionais de saúde, consultoria para estabelecer normas para tratamento e transferência de tecnologia para a produção de medicamentos.

O Brasil já reduziu a mortalidade ligada à Aids em torno de 40% e nos últimos quatro anos, desde que os laboratórios do governo começaram a produzir medicamentos similares para o coquetel anti-Aids , o custo do tratamento gratuito caiu em 70% para os doentes brasileiros. O país é talvez o único país em desenvolvimento com uma larga experiência a ser apresentada sobre a Aids. Só na cidade de São Paulo, a mortalidade caiu 56% desde 1990.

Copyright © 2000 BoaSaúde

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: