Publicidade

Notícias de saúde

Estudo de Terapia Anti-HIV Com Interrupção Tem Bons Resultados

Por Deborah Mitchell

CHICAGO (Reuters Health)
- Como uma alternativa ao tratamento diário com as poderosas drogas anti-HIV, alguns pacientes infectados com HIV podem tentar uma abordagem de sete dias com drogas e sete dias sem a medicação, disse Anthony S. Fauci na quarta-feira, durante a 8a Conferência de Retrovírus e Infecções Oportunistas em Chicago.

Fauci, diretor do Instituto Nacional de Alergia e Doenças Infecciosas, em Bethesda, Maryland, apresentou os últimos dados de um pequeno estudo com pacientes tentando o regime. O cientista apresentou os resultados de cinco pacientes em julho durante a Conferência Internacional de Aids, em Durban, África do Sul.

Na conferência de Chicago, Fauci apresentou dados de dez pacientes. Dos dez pacientes tomando sua terapia anti-retroviral de alta atividade (HAART) por sete dias, acompanhados por sete dias sem as drogas, três deles completaram 22 ciclos -- um total de 55 semanas.

"O vírus não repercutiu", disse Fauci a participantes da conferência. "Não há um impacto negativo no sistema imunológico e não temos observado a emergência em nenhum deles de...resistência."

Fauci alertou que esses dados refletem menos de um ano de tratamento e incluem somente dez pacientes -- e nenhuma recomendação de tratamento pode ser feita com base nesses resultados. "Mas, o que isso nos diz é que é possível seguir (essa abordagem)", afirmou Fauci.

Além disso, nem todas as drogas anti-retrovirais são adequadas para esse uso, destacou Fauci. Por exemplo, efavirenz (Sustiva) não deve ser usado e a dose da combinação de ritonavir (Norvir) e indinavir (Crixivan) deve ser modificada, de acordo com Fauci.

"O próximo passo será verificar se podemos prolongar esse período de uma semana", disse Fauci. "Isso pode ser possível com a adição de reforço imunológico ou qualquer uma das diversas outras maneiras".

O regime semanal permite aos pacientes ficar sem tomar as drogas durante 50 por cento do tempo, acrescentou Fauci, "Isso é muita coisa para as pessoas -- não acredito que você possa subestimar isso", avaliou Fauci.

"As toxicidades de curto e longo prazo se tornaram um aspecto importante na abordagem e no controle de uma pessoa infectada com HIV", explicou Fauci. Por esse motivo e outros, as alternativas para reduzir a exposição do paciente às drogas anti-retrovirais vão continuar a ser exploradas.

Sinopse preparada por Reuters Health

Copyright © 2001 Reuters Limited. All rights reserved. Republication or redistribution of Reuters Limited content, including by framing or similar means, is expressly prohibited without the prior written consent of Reuters Limited. Reuters Limited shall not be liable for any errors or delays in the content, or for any actions taken in reliance thereon.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: