Publicidade

Notícias de saúde

BRASIL: Detectado no Rio de Janeiro o Vírus Mais Agressivo da Dengue

São Paulo, 29 de Janeiro de 2001 (eHealthLA). A versão mais agressiva do vírus da dengue (tipo 3) foi detectada pela primeira vez no Brasil, no Rio de Janeiro. A cidade vivenciou, em 1998, uma epidemia de dengue, com 13.544 casos diagnosticados.

Segundo Mari Baran, epidemiologista da Secretaria Municipal de Saúde do Rio, a descoberta é temida não só pelo grau de nocividade do vírus, mas porque os brasileiros não possuem anticorpos contra ele.

“As pessoas que já contraíram a doença são as que mais nos preocupam, pois, ao serem contaminadas novamente, e por um novo vírus, a doença pode evoluir para seu tipo mais grave, a dengue hemorrágica", explicou.

Até agora, o Brasil só conhecia os tipos 1 e 2 da dengue. O terceiro pode ser bem mais grave, devido à facilidade e velocidade com que se reproduz, manifesta e contagia o organismo.

E mesmo quem já foi infectado com as outras versões não é capaz de se defender contra esta, que estimula os anticorpos presentes a agirem contra o organismo. Nesse caso, as chances da doença se agravar aumentam.

Funasa

Segundo nota da Fundação Nacional de Saúde (Funasa) divulgada à imprensa, não há, até agora, qualquer evidência de que esteja havendo uma explosão da doença no País. Dados da Fundação mostram que em dezembro de 2000, o número de casos foi inferior ao de dezembro 1999.

Para Mauro Ricardo Machado Costa, presidente da Funasa, há dois fatores que contribuíram para os casos no final do ano: a dengue vinda da Bolívia, que trouxe contaminação ao estado do Acre e a lentidão das ações do governo do estado e o ano eleitoral, que fez muitos prefeitos afrouxarem o trabalho preventivo. Um exemplo seria o da cidade de Barretos, em São Paulo.

Copyright © 2001 eHealth Latin America

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: