Publicidade

Notícias de saúde

Crianças Obesas São Mais Propensas a Ter Asma

24 de Janeiro de 2001 (Bibliomed). Um grande estudo com crianças do Reino Unido confirma que existe uma relação entre a asma e a obesidade, embora não se saiba ainda que condição ajuda a causar a outra.

"A mensagem clara (é) que a gordura, ou uma medida representativa de gordura, está associada à asma em crianças", de acordo com Jose Figueroa-Munoz e sua equipe, da Escola Real, em Londres.

Os pesquisadores analisaram mais de 18.000 crianças entre 4 e 11 anos na Inglaterra, Escócia e predominantemente em áreas não-brancas centrais de cidades inglesas.

Outras pesquisas descobriram fortes relações entre asma e obesidade em adultos e adolescentes, especialmente entre mulheres, mas esse é um dos maiores estudos avaliando crianças.

Figueroa-Munoz e sua equipe perguntaram aos pais das crianças se elas tinham asma ou respiração ofegante frequente e mediram o peso pela altura das crianças, assim como a porcentagem de gordura corporal.

No geral, 17 por cento das crianças do estudo tinham asma, com uma pequena diferença entre crianças brancas e não-brancas. Os ataques de asma eram menos frequentes entre as crianças da região central das cidades, enquanto a respiração ofegante era mais comum entre esse grupo.

Os cientistas afirmaram, na edição de janeiro de Thorax, que diferenças significativas entre meninos e meninas foram observadas somente no grupo de regiões centrais da cidade, em que a asma e a obesidade estavam relacionadas em meninas, mas não em meninos.

Figueroa-Munoz e sua equipe destacaram que suas descobertas não podem ajudar a pôr fim à questão de se a asma causa a obesidade ou esta causa asma. As duas possibilidades vêm recebendo o suporte de descobertas de outras pesquisas.

A asma pode contribuir para a obesidade por diversas formas, de acordo com o estudo. Por exemplo, crianças com asma podem não praticar tantos exercícios quanto outras crianças e um estilo de vida sedentário pode incentivar a obesidade.

Por outro lado, a obesidade pode contribuir para a asma "reduzindo a extensão em que o músculo brônquio está estirado", o que, eventualmente, pode estreitar as passagens de ar.

Os especialistas não sabem ainda por que a asma e a obesidade estão mais relacionadas entre mulheres do que homens. Alguns pesquisadores sugerem que isso pode acontecer pois pessoas do sexo feminino tendem a apresentar vias aéreas menores, estilos de vida menos ativos e diferenças na dieta.

Existe ainda alguma evidência de que o hormônio leptina possa ser responsável. Alguns estudos demonstram que a leptina tem um papel na obesidade e está relacionada a níveis dos hormônios sexuais testosterona e estrogênio, mas mais pesquisas são necessárias.

Copyright © 2001 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: