Publicidade

Notícias de saúde

Dois Ministros Alemães Renunciam por Escândalo da Vaca Louca

10 de Janeiro de 2001 (Bibliomed). Os ministros da Saúde e da Agricultura da Alemanha renunciaram na terça-feira, depois das duras críticas que foram feitas à forma como administraram a crise da doença da vaca louca no país, o que acabou arranhando a credibilidade do governo do chanceler Gerhard Schroeder.

A ministra da Saúde, Andrea Fischer, 40, disse durante uma entrevista coletiva que estava deixando o cargo porque o público havia perdido a confiança em seu ministério. Mas Fischer, do partido ambientalista Verde, afirmou que o erro na verdade deveria ser creditado aos métodos modernos da indústria agrícola.

O ministro da Agricultura, Karl-Heinz Funke, 54, membro do Partido Social Democrata de Schroeder, seguiu os passos de sua colega do Ambiente e também renunciou, segundo a porta-voz do governo Bela Anda.

Fischer, 40, admitiu que a forma como o governo administrou a crise da encefalopatia espongiforme bovina (BSE) não restabeleceu a confiança do consumidor.

"Eu espero que, ao renunciar, possa colaborar para pôr um fim nas revelações e ajudar a promover uma volta ao funcionamento normal dos negócios", disse Fischer a repórteres.

Uma TV alemã informou que Schroeder poderia nomear um sucessor imediatamente para Fischer -- Baerbel Hoehn, outro verde, que cuida da pasta de ambiente no governo regional do maior dos 16 Estados da Alemanha.

O chanceler já havia admitido que sua coalizão de centro-esquerda, e seu antecessor conservador, haviam sido complacentes com a doença, ligada a uma enfermidade fatal em humanos, à medida em que esta se espalhava pela Europa.

Copyright © 2001 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: