Publicidade

Notícias de saúde

Brasil: Cerca de 90% dos Fumantes Tornam-se Dependentes Antes dos 19 Anos

São Paulo, 6 de Dezembro de 2000(eHLA). De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca), pesquisas indicam que 90% dos fumantes tornaram-se dependentes antes dos 19 anos e a experimentação está aumentando. Segundo Luísa Goldfarb, coordenadora dos programas de prevenção do tabagismo do Inca, a indústria do tabaco dirige a publicidade principalmente aos jovens e passa a falsa imagem de que fumar está associado ao bom desempenho sexual e esportivo e ao sucesso. Quem fuma pode adoecer com uma freqüência duas vezes maior que os não-fumantes, tem menor resistência física, menos fôlego e pior desempenho nos esportes e na vida sexual.

Pesquisa desenvolvida pelo Centro Brasileiro sobre Drogas Psicotrópicas, em 1993, mostrou um aumento da experimentação do cigarro entre os jovens, principalmente meninas. Essa pesquisa foi feita em 10 capitais brasileiras, com mais de 20 mil crianças adolescentes com idades entre 10 e 18 anos. No Rio, foram consultados 2.303 adolescentes e concluiu-se que, de 1987 a 1993, aumentou de 22,7% para 25,5% o número de adolescentes que experimentaram o cigarro pelo menos uma vez. Em 1987, 20,7% dos homens daquela faixa etária fumavam. Em 1993, esse número subiu para 22,4%. Aumentou também o universo de mulheres fumantes: em 1987, era de 23,8% e, em 1993, passou a 29,9%.

Saber Saúde

O Saber Saúde é o primeiro programa governamental de controle do câncer para ser aplicado em escolas. Em ação conjunta dos Ministérios da Saúde e da Educação, o programa tem como objetivo conscientizar crianças e jovens de 10 a 14 anos a respeito dos fatores de risco do câncer, especialmente o tabagismo, principal causa evitável da doença. O programa oferece às escolas materiais didáticos que ajudam os professores a discutir com os alunos em sala de aula questões relativas à prevenção do câncer e controle do tabagismo. Até agora já foram treinadas 23.107 escolas em todo país. Cada profissional treinado atua como agente multiplicador, reproduzindo o treinamento para cobrir outras regiões de seu estado ou município”, explica Luísa Goldfarb.

Dados do Ministério da Saúde afirmam que 80% dos fumantes gostariam de largar o cigarro. Apenas 3% conseguem. O governo gasta cerca de R$ 3,4 bilhões por ano para tratar doenças causadas pelo cigarro, sendo que a arrecadação de impostos gerados pela indústria do cigarro é da ordem de R$ 2,2 bilhões.

Copyright © 2000 eHealth Latin America

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: