Publicidade

Notícias de saúde

Cruz Vermelha é Acusada por Falhas no Abastecimento de Sangue

Por Maggie Fox

WASHINGTON (Reuters)
- Uma longa batalha entre a Food and Drug Administration (FDA), agência reguladora de drogas e alimentos nos EUA, e a Cruz Vermelha norte-americana sobre a segurança do abastecimento de sangue no país tornou-se mais intensa com recentes ações na Justiça, afirmaram os dois lados na segunda-feira.

A Cruz Vermelha disse que estava tentando se adequar às exigências da FDA. No entanto, afirmou que os esforços da agência para multar a organização sem fins lucrativos devido a problemas de segurança colocou toda sua operação, que fornece metade do suprimento de sangue dos Estados Unidos, sob risco.

A FDA garante à população que o suprimento de sangue é seguro, mas acusou a Cruz Vermelha de possuir controles de segurança negligentes, o que poderia colocar pessoas sob risco de contrair vírus e bactérias ao receber sangue ou derivados.

De acordo com a FDA, inspeções recentes detectaram esses problemas, como a distribuição de sangue contaminado com citomegalovírus, um vírus do herpes comum que pode causar diversas doenças em recém-nascidos e pessoas com o sistema imunológico enfraquecido.

A agência também descobriu bolsas de sangue contaminadas armazenadas juntamente com sangue seguro para distribuição, o que considerou um sistema inadequado para evitar a liberação de produtos de sangue potencialmente prejudiciais.

Em 1993, a agência ganhou um decreto de aprovação contra a Cruz Vermelha e, desde então, ambas vêm negociando em particular, disse uma porta-voz da FDA.

"Apesar de já terem se passado 15 anos, a Cruz Vermelha norte-americana ainda não está de acordo com a lei", afirmou a FDA em um documento preenchido na Corte Distrital dos EUA, em Washington, na semana passada.

A presidente e executiva-chefe da Cruz Vermelha, Bernardine Healy, disse que somente uma questão está em disputa: o direito da FDA de multar a organização.

"Estamos em um impasse sobre a questão de penalidades financeiras possíveis", disse Healy.

"Eles estão pedindo que concedamos, voluntariamente, a eles a autoridade de nos multar de uma forma que nós não temos recursos (para pagar)", afirmou Healy. "Todo o resto que eles estão nos pedindo, nós estamos fazendo", acrescentou a presidente.

De acordo com Healy, a Cruz Vermelha pretende obter um empréstimo de 100 milhões de dólares para atender às exigências de melhorias da FDA.

Healy acrescentou que a organização pretende promover mudanças além daquelas exigidas pela FDA, como filtrar as células do sistema imunológico de todo o sangue doado. Isso pode ajudar a eliminar vírus como o HIV, vírus que causa Aids, e o citomegalovírus.

Sinopse preparada por Reuters Health

Copyright © 2000 Reuters Limited. All rights reserved. Republication or redistribution of Reuters Limited content, including by framing or similar means, is expressly prohibited without the prior written consent of Reuters Limited.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: