Publicidade

Notícias de saúde

UE Confirma Caso de Doença da Vaca Louca nos Açores

BRUXELAS (Reuters) - Membros da Comissão Européia afirmaram na sexta-feira que tinham sido informados por autoridades portuguesas do primeiro caso da doença da vaca louca nos Açores.

Eles também foram informados que a vaca, abatida em 2 de outubro, tinha sido importada dois anos antes da Alemanha, um país que se dizia livre de casos nativos da doença, também conhecida como encefalopatia espongiforme bovina (BSE).

O governo alemão anunciou na sexta-feira que tinha detectado o primeiro caso da doença da vaca louca num animal de origem alemã no Estado de Schleswig-Holstein, ao norte do país.

Oficiais da União Européia nos Açores tinham eximido as ilhas do banimento sobre a carne portuguesa e exportações de gado porque os animais não tinham sido alimentados com carne e osso de animais, que se acredita ser a causa do BSE.

Eles cogitaram, porém, a possibilidade de que a vaca tivesse sido importada do território português, onde a BSE é conhecida há algum tempo, e que levou à proibição das exportações de carne no final de 1998.

De acordo com dados da Comissão, o território de Portugal teve uma incidência de animais infectados de 200 por um milhão nos últimos dois anos, a segunda mais alta na União Européia depois da Grã-Bretanha.

O nível de perigo reconhecido internacionalmente é de 100 animais. A França tem uma incidência de apenas sete animais por um milhão.

Sinopse preparada por Reuters Health

Copyright © 2000 Reuters Limited. All rights reserved. Republication or redistribution of Reuters Limited content, including by framing or similar means, is expressly prohibited without the prior written consent of Reuters Limited.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: