Publicidade

Notícias de saúde

Vida em Cidade Grande Aumenta Risco de Asma

NOVA YORK (Reuters Health) - Crianças negras parecem estar sob maior risco de asma do que crianças brancas, no entanto, a raça pode não ser o fator determinante, afirmam pesquisadores. O ambiente urbano pode ser o culpado.

Em um novo estudo, C. Andrew Aligne, do Hospital Geral de Rochester, em Nova York, e sua equipe descobriram que crianças negras que não viviam em grandes cidades não estavam sob risco maior de asma do que crianças brancas.

Comparadas a crianças brancas vivendo em áreas suburbanas ou rurais, crianças vivendo nas cidades -- negras e brancas -- estavam sob maior risco de asma.

Crianças negras de áreas urbanas estavam sob risco de asma 45 por cento maior e crianças brancas de áreas urbanas apresentaram um risco de asma 22 por cento maior, comparadas a crianças brancas vivendo em outras cidades.

As descobertas, de uma amostra de pesquisa nacional com 17.110 crianças, foram publicadas na edição de setembro do American Journal of Respiratory and Critical Care Medicine.

"Estes resultados sugerem que a maior prevalência de asma entre crianças negras não se deve à raça ou à baixa renda e que todas as crianças vivendo em uma área urbana estão sob maior risco de asma", afirmam os pesquisadores.

A pobreza, no entanto, também pode aumentar o risco de asma. Crianças que eram pobres e viviam em cidades estavam sob risco de asma 44 por cento maior, comparadas a crianças da mesma idade que viviam com melhor renda em áreas suburbanas e rurais.

Crianças que viviam bem em cidades apresentaram um risco de asma 22 maior, comparadas a crianças do subúrbio que também não eram pobres.

De acordo com o estudo, crianças que eram pobres e viviam em outras cidades não apresentaram risco de asma maior do que vizinhos com melhor renda.

Os resultados "indicam que não se deve pensar que a asma é um problema genético irremediável de certos subgrupos da população, mas uma consequência da exposição ao ambiente urbano moderno", concluem os cientistas.

A descoberta das causas específicas da asma "deve levar a uma melhor compreensão que irá ajudar a corrigir as disparidades raciais persistentes de asma e reduzir a prevalência e severidade da doença em todas as crianças".

Sinopse preparada por Reuters Health

Copyright © 2000 Reuters Limited. All rights reserved. Republication or redistribution of Reuters Limited content, including by framing or similar means, is expressly prohibited without the prior written consent of Reuters Limited. Reuters Limited shall not be liable for any errors or delays in the content, or for any actions taken in reliance thereon.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: