Publicidade

Notícias de saúde

Muitas das crianças com problemas cardíacos têm necessidades especiais

12 de novembro de 2018 (Bibliomed). Crianças com condições cardíacas passadas e atuais têm mais necessidades especiais de cuidados de saúde em comparação com crianças sem problemas cardíacos, de acordo com pesquisa publicada na Morbidity and Mortality Weekly Report, do Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos (CDC).

Investigadores do CDC usaram dados da Pesquisa Nacional de Saúde Infantil de 2016 para estimar a prevalência de problemas cardíacos entre crianças de 0 a 17 anos dos EUA. Os pesquisadores descobriram que 1,3% das crianças têm uma doença cardíaca atual e 1,1% tiveram uma condição cardíaca anterior (aproximadamente 900.000 e 755.000 crianças, respectivamente). Sessenta por cento das crianças com problemas cardíacos atuais tinham uma ou mais necessidades especiais de saúde, assim como 40% das crianças com problemas cardíacos passados, comparadas com 18,7% das crianças sem problemas cardíacos (razões de prevalência ajustadas, 3,1 e 2,1, respectivamente).

Em crianças com condições cardíacas atuais, as limitações funcionais foram 6,3 vezes mais comuns que em crianças sem doenças cardíacas. Entre aquelas com condições cardíacas atuais, os meninos, as crianças com renda familiar mais baixa e as crianças que vivem em residências que não um domicílio dos dois pais tiveram uma maior prevalência de necessidades especiais de saúde.

Estes resultados destacam a importância da vigilância do desenvolvimento e triagem entre crianças com problemas cardíacos para a identificação precoce e intervenção.

Fonte: MMWR Morb Mortal Wkly Rep 2018;67:1045–1049.

Copyright © 2018 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: