Publicidade

Notícias de saúde

Filhos de pais com diabetes tipo 1 têm maior probabilidade de desenvolverem déficit de atenção e hiperatividade

14 de março de 2018 (Bibliomed). As crianças cujos pais têm diabetes tipo 1 (DT1) têm maior risco de serem diagnosticadas com transtorno de déficit de atenção/hiperatividade (TDAH), de acordo com um estudo publicado na revista Diabetes Care.

Para identificar indivíduos com DT1 e seus descendentes, pesquisadores suecos usaram o Swedish National Hospital Discharge Register e o Swedish Outpatient Register, que estavam ligados ao Registro Sueco de Multi-Gerações.

Os pesquisadores identificaram 15.615 indivíduos nascidos depois que seus pais foram diagnosticados com DT1. Os descendentes de pacientes com DT1 tiveram um risco significativamente aumentado de TDAH, ao controlar as diferentes variáveis ​​capazes de causar uma confusão nos resultados. Embora não seja estatisticamente significativo, o DT1 materno foi associado a um risco aumentado de TDAH versus DT1 paterno.

Assim, neste estudo de coorte retrospectivo, descobriu-se que um histórico parental de DT1 estava associado a um risco aumentado de 29% de ser diagnosticado com TDAH, porém os mecanismos subjacentes precisam ainda vir a ser futuramente explorados.

Fonte: Diabetes Care 2018. DOI:10.2337/dc17-0592.

Copyright © 2018 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: