Publicidade

Notícias de saúde

Pais de crianças obesas não percebem a obesidade como problema

8 de agosto de 2014 (Bibliomed). Os pais de crianças obesas muitas vezes “enxergam” seus filhos como sendo saudáveis, não reconhecendo as consequências do excesso de peso ou da inatividade, de acordo com um novo estudo publicado na revista Journal of the Academy of Nutrition and Dietetics.

De acordo com a pesquisa, foram avaliadas pouco mais de 200 famílias americanas e que tinham crianças com obesidade, em 2008 e 2009 Os pesquisadores buscaram avaliar a disposição dos pais em ajudar as crianças a perder peso. A maioria das crianças, 94 por cento, eram obesas, e seu pediatra encaminhou para a clínica para ajudar a emagrecer. As outras 6 por cento estavam acima do peso.

A idade média das crianças avaliadas foi de 14 anos.

Descobriu-se que 28 por cento dos pais não entendia o peso de seu filho como sendo um problema de saúde, apesar dos riscos imediatos e de longo prazo sobre a saúde, incluindo os riscos de doença cardíaca e diabetes tipo 2.

Porém, os pais estavam mais propensos a tentar melhorar os hábitos alimentares de seus filhos do que para aumentar os exercícios. Enquanto 61 por cento disseram que estavam tentando melhorar os hábitos alimentares, apenas 41 por cento disseram estimular  o nível de atividade de seus filhos.

Segundo os autores, a intervenção precoce é fundamental em se tratando de crianças obesas, tanto no estabelecimento de bons hábitos alimentares como de exercícios físicos.

Fonte: Journal of the Academy of Nutrition and Dietetics.

Copyright © 2014 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: