Publicidade

Notícias de saúde

Perda súbita de um entre querido pode gerar distúrbios psiquiátricos

16 de junho de 2014 (Bibliomed). A perda súbita e inesperada de um ente querido pode desencadear problemas de saúde mental em adultos sem história de distúrbios psiquiátricos, revela um novo estudo. Embora os especialistas digam que é incomum o surgimento de uma doença mental mais tardiamente na vida, pesquisadores descobriram uma ligação entre a dor súbita da perda e o aparecimento de doenças como a mania, transtorno de estresse pós-traumático (TEPT) e a depressão.

O estudo, publicado on-line recentemente no American Journal of Psychiatry, envolveu mais de 27.000 pessoas. Destes participantes, 20 por cento a 30 por cento disseram que a perda súbita de um ente querido foi a experiência mais traumática que já havia ocorrido com eles.
O maior aumento no risco em todas as faixas etárias foi de transtorno de estresse pós-traumático. Os pesquisadores verificaram que havia ocorrido tanto um aumento de até 30 vezes nas chances dessa condição ocorrer.

A perda súbita de um ente querido também dobrou praticamente o risco de mania em pessoas com idades entre 30 e mais velhos.

Ocorrer a morte súbita de um ente querido também está ligada ao aumento do risco para outros problemas de saúde mental, tais como depressão importante, alcoolismo pesado, transtornos da ansiedade (incluindo transtorno do pânico) e fobias.

O estudo foi realizado na Universidade de Columbia, Estados Unidos.

Fonte: Columbia University's Mailman School of Public Health, news release, May 29, 2014.

Copyright © 2014 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: