Publicidade

Notícias de saúde

Ser casado aumenta expectativa de vida de pessoas com câncer

24 de setembro de 2013 (Bibliomed). Pessoas casadas de desenvolvem câncer vivem significativamente mais tempo em comparação com pacientes solteiros. A conclusão é de pesquisadores da Escola de Medicina de Harvard, nos Estados Unidos.

O estudo envolveu dados clínicos e demográficos, fornecidos pelo Instituto Nacional do Câncer, de 734.889 pacientes diagnosticados com câncer entre 2004 e 2008.

A análise, publicada no Journal of Clinical Oncology, mostrou que, em geral, os pacientes que eram casados ​​tinham 17% menos probabilidade de ter a doença metastática quando diagnosticados com câncer, em comparação com pacientes que não estavam casados.

Além disso, os pacientes casados com doença não metastática foram 53% mais propensos a receber tratamento indicado para a doença em comparação com pacientes solteiros. Além disso, um paciente que era casado tinha 20% mais probabilidade de sobreviver do que um paciente que não era casado.

Os pesquisadores atribuem essa maior sobrevida dos pacientes casados a um maior estímulo e apoio psicológico.

O estudo foi o primeiro a mostrar um benefício consistente e significativo sobre a sobrevivência da união entre cada uma das dez principais causas de morte por câncer nos Estados Unidos - pulmão, colorretal, mama, pâncreas, próstata, duto fígado / bile, não -Hodgkin, cabeça e pescoço, ovário e câncer de esôfago.

Fonte: UPI, 23 de setembro de 2013

Estar casado faz bem para a saúde mental. Leia em Boa Saúde

Homens casados se alimentam melhor. Leia em Bibliomed

Copyright © 2013 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: