Publicidade

Notícias de saúde

Hormônio recém-descoberto pode ajudar no tratamento da infertilidade

14 de junho de 2013 (Bibliomed). A descoberta de um novo hormônio, produzido pelos óvulos, tem gerado expectativas entre pesquisadores que se dedicam ao tratamento da infertilidade.

O R-spondin2, que foi descoberto por pesquisadores da Stantford University, nos Estados Unidos, e da Akira University, no Japão, promove o desenvolvimento do folículo e estimula o crescimento dos ovários, podendo melhorar a efetividade dos atuais tratamentos de fertilidade para mulheres e, possivelmente, levar a tratamentos completos inteiramente novos.

Os pesquisadores analisaram todas as proteínas provavelmente produzidas pelos ovócitos e descobriram o R-spondin2. Em seguida, esse foi replicado em tubos de ensaio e injetado em camundongos. O hormônio estimulou o crescimento dos folículos, levando à produção de ovócitos maduros. Esses foram, então, fertilizados e resultaram a uma gestação bem sucedida e também ao nascimento de filhotes saudáveis.

Em uma segunda fase do estudo, os pesquisadores enxertaram tecido ovariano humano em camundongos e descobriram que esse cresceu após o tratamento com o R-spondin2. Os cientistas especulam que, quando utilizado em conjunto com o Hormônio Folículo Estimulante (FSH), o R-spondin2 pode levar ao desenvolvimento de novas terapias para infertilidade para as mulheres que não respondem bem ao tratamento com FSH.

O estudo foi publicado na edição de junho do The FASEB Journal.

Fonte: The FASEB Journal, 01 de junho de 2013

Copyright © 2013 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: