Publicidade

Notícias de saúde

EUA Devem Repensar Estratégias de Prevenção da Aids

ATLANTA (Reuters) - Autoridades de saúde fizeram um apelo aos Estados Unidos na quarta-feira para combater a disseminação do HIV, o vírus que causa a Aids, por meio de um melhor monitoramento e financiamento e adoção do uso de "estratégias comprovadas" como distribuição de preservativos e programas para usuários de drogas injetáveis.

Um novo relatório publicado pelo Instituto de Medicina das Academias Nacionais, em Washington, e patrocinado pelos Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC), afirmou que o número de novas infecções com HIV podem ser significativamente reduzidas se o governo federal financiar os programas de prevenção de custo maior.

"Milhares de novas infecções com HIV podem ser evitadas a cada ano se dermos maior ênfase à prevenção e pensarmos melhor na maneira como gastamos nossos dólares na prevenção", disse Harvey Fineberg, reitor da Universidade Harvard e co-presidente do comitê que escreveu o relatório.

De acordo com o relatório, as decisões sobre o financiamento devem ser baseadas na prevenção do maior número possível de novas infecções com HIV, em vez de direcionar verba baseado no número de casos de Aids já relatados em populações e áreas específicas.

O relatório criticou ainda o governo federal por destinar 250 milhões de dólares durante cinco anos a programas de abstinência sem qualquer evidência de que esta medida é eficaz na prevenção de novas infecções.

O relatório afirmou que "pressões sociais e políticas formaram obstáculos políticos e legais que impediram o uso de estratégias (de prevenção) comprovadas", como o uso de preservativos e programas para usuários de drogas injetáveis.

Além disso, o relatório, que afirmou que a complacência com o HIV pode provocar um aumento nas novas infecções, fez um apelo às agências federais para ampliar o financiamento de pesquisas para o desenvolvimento de métodos de prevenção novos ou aperfeiçoados, como a camisinha feminina e novas drogas anti-retrovirais.

Sinopse preparada por Reuters Health

Copyright © 2000 Reuters Limited. All rights reserved. Republication or redistribution of Reuters Limited content, including by framing or similar means, is expressly prohibited without the prior written consent of Reuters Limited. Reuters Limited shall not be liable for any errors or delays in the content, or for any actions taken in reliance thereon.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: