Rejeição paterna dói mais que a materna

Comentar

Bem estar Comportamento Saúde da família Saúde do bebe e da criança

Ser rejeitado pelo pai machuca mais do que pela mãe. Essa é a conclusão de uma análise da University of Connecticut, que considerou 36 estudos que envolveram 10.000 pacientes ao redor do mundo.

A meta-análise mostrou que as crianças tendem a se sentir mais ansiosas e inseguras, além de apresentarem sintomas de hostilidade e agressividade, quando sofrem com a rejeição dos pais. A análise mostrou, ainda, que o sofrimento da fase infantil se perpetua ao longo da fase adulta e que a rejeição do pai pode levar a um desenvolvimento maior desses sintomas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>