Publicidade

Artigos de saúde

Alérgenos do domicílio – visão geral

© Equipe Editorial Bibliomed

Neste Artigo:

- Introdução
- Quais são as causas de alergias domésticas?

Introdução

Muitos indivíduos com asma, rinite alérgica ou outras alergias pensam em suas casas como um paraíso, onde eles podem se refugiar de suas alergias. Infelizmente, casas e apartamentos abrigam seus próprios alérgenos (agentes que causam os sintomas de alergia). O interior de sua casa, na verdade, esconde diversos alérgenos, fazendo com que seja impossível evitá-los.

Embora existam muitas substancias presentes no ambiente, que desencadeiam os sintomas de alergia, a poeira doméstica é o principal responsável pelas alergias associadas a alérgenos domésticos. Mas o que é a poeira doméstica?

  • Ela varia dependendo do tipo e da idade de sua casa, da temperatura e do grau de umidade mantidos no interior da mesma, dos objetos que você mantém em casa (incluindo alimentos, roupas, móveis) e de quem mora na casa (seres humanos, animais de estimação e plantas).
  • Em todas as casas pode-se encontrar certa quantidade de poeira, independente da freqüência e da eficiência da limpeza doméstica;
  • A poeira doméstica é composta por uma mistura de material aéreo particulado, o qual pode conter pequenas partículas de solo e material derivado de plantas de dentro e fora da casa, partículas provenientes da pele de homens e animais, fios de cabelo, fibras de tecidos, esporos de fungos, ácaros, fragmentos de insetos mortos e seus excretas, entre outros.
  • Os alérgenos domésticos mais importantes são os ácaros, os pêlos e partículas da pele de animais, fragmentos de baratas e fungos.

Ao contrário das alergias sazonais, como a rinite alérgica, as alergias domésticas podem durar todo o ano. Os alérgenos domésticos podem desencadear ou piorar os sintomas de asma, dependendo da sensibilidade individual de cada paciente.

  • As alergias domésticas tendem a apresentar piora dos sintomas no final do verão, quando o número de ácaros na poeira doméstica é muito maior;
  • Os sintomas alérgicos podem ser mais intensos durante o inverno, época na qual as janelas permanecem muito tempo fechadas e as pessoas ficam fechadas em casa, em contato intenso com os alérgenos;
  • Manter as janelas abertas, durante a noite, nos meses em que se encontram altas concentrações de pólen e fungos no ar, pode levar a piora dos sintomas de alergia e asma, porque esses alérgenos invadem a casa e acabam fazendo parte da poeira doméstica;
  • Se você é sensível aos alérgenos domésticos, você continuará apresentando sintomas enquanto estiver exposto aos mesmos.

A sensibilidade aos alérgenos domésticos é extremamente comum e ocorre em qualquer idade. Porém, é menos comum entre crianças com idade inferior a 5 anos. Pessoas com maior probabilidade de desenvolver rinite alérgica são crianças no início da vida escolar e adultos jovens.

Quais são as causas de alergias domésticas?

A sensibilidade alérgica é uma reação do sistema imune contra um invasor estranho ao organismo humano, ou seja, uma substância que não é componente normal do nosso organismo. A exposição a esse agente, o alérgeno, desencadeia a reação. Quando as partículas do alérgeno atingem a mucosa dos olhos, nariz e vias aéreas de indivíduos suscetíveis, uma reação alérgica pode-se desenvolver.

  • Quando o sistema imune já foi previamente sensibilizado a um alérgeno específico, ele desenvolve uma reação exagerada ao mesmo; essa reação é conhecida como reação de hipersensibilidade ou reação alérgica;
  • Essa reação desencadeia uma cascata de eventos que culminam na liberação de substâncias químicas chamadas de mediadores, dos quais a histamina é um importante representante.
  • Os efeitos desses mediadores, nas células e tecidos, é que causam os sintomas alérgicos.

1. Ácaros

  • Os ácaros são alérgenos domiciliares comuns. Podem ser encontrados em muitas casas, principalmente nas camas e roupas de cama, móveis acolchoados ou qualquer outro material de tecido;
  • Frequentemente, quando as pessoas acreditam ser sensíveis à poeira, na verdade são sensíveis aos ácaros e a seus excretas e fragmentos de ácaros mortos; todos esses são componentes da poeira doméstica.

2. Fragmentos da pele de animais

Em algumas pessoas, os animais de estimação podem desencadear reações alérgicas. Esses indivíduos simplesmente não podem conviver com animais como cachorros, gatos, roedores e outros animais com pêlos, sem desenvolver sintomas desconfortáveis como espirros, congestão nasal, irritação ocular e crise de asma. Ao contrário do que muita gente acredita, a reação alérgica desenvolvida em resposta ao contato com animal de estimação, não é causada pelos pêlos dos mesmos.

  • Na verdade, a reação alérgica é desencadeada por substâncias presentes na saliva, urina e, especialmente, fragmentos da pele dos animais;
  • Esses fragmentos são partículas de pele morta (como a caspa), que se desprendem da pele do animal;
  • Os alérgenos ficam incrustados nos pêlos ou na pele dos animais, a partir do ato de urinar, lamber-se ou coçar-se. Uma vez que se ressecam, os alérgenos são liberados no ar, juntando-se aos outros componentes da poeira doméstica.

Diversos animais de estimação, populares entre as pessoas, podem desencadear reações alérgicas:

  • Os animais mais comumente associados a essas reações são os cães e gatos;
  • Pássaros também podem causar reações, embora menos frequentemente;
  • Animais como peixes, répteis e anfíbios raramente causam reações alérgicas.

A reação pode ser desencadeada por: (1) contato direto com o animal, através do toque; (2) conviver com o animal dentro de casa; (3) presença no interior da casa de móveis, carpetes, roupas de cama, cortinas, roupas, camas dos animais, até mesmo prateleiras e paredes nos quais os alérgenos ficam depositados; (4) conviver com outra pessoa que carrega os alérgenos em suas roupas; (5) ato de limpar as camas, jaulas e caixas onde ficam os animais; (6) tocar os objetos que foram tocados também pelos animais.

3. Fungos (Bolor)

Os bolores são um tipo de fungo.

  • Os bolores desenvolvem-se, geralmente, na natureza, mas pode ser encontrado em quase todo o ambiente doméstico. Eles podem desencadear sintomas de rinite alérgica e asma, e reproduzem-se lançando esporos no ar, os quais flutuam no ar até encontrarem um bom local para desenvolver-se.
  • Eles passam facilmente por janelas e portas abertas, abrigando-se no interior do domicílio, especialmente se há excesso de calor e umidade. Eles crescem e formam os bolores.
  • Porém, nem sempre são visíveis, podendo também proliferar em locais mais escondidos, na casa.

Embora os bolores possam desencadear sintomas alérgicos, como qualquer outro alérgeno, raramente causam problemas de saúde graves, exceto em indivíduos imunocomprometidos.

Copyright © 2008 Bibliomed, Inc.                                        31 de janeiro de 2008.



Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: