Publicidade

Artigos de saúde

Artrite reumatóide e osteoporose

© Equipe Editorial Bibliomed

Neste Artigo:

- Leve uma dieta adequada
-
Pratique exercícios
-
Mantenha hábitos saudáveis
-
Realize um exame de Densitometria Óssea
- Utilize corretamente sua medicação

A Artrite Reumatóide é uma doença autoimune onde o corpo ataca suas próprias células e tecidos saudáveis. Quando uma pessoa sofre de artrite reumatóide, as membranas que protegem as articulações se tornam inflamadas e liberam enzimas que destroem a cartilagem e o osso no local, levando a incapacitação progressiva. Nos casos mais graves, os órgãos internos também podem ser afetados.

Por outro lado, a Osteoporose é um distúrbio onde os ossos perdem densidade e se tornam mais frágeis, aumentando o risco de fraturas. A osteoporose é mais comum em mulheres após a menopausa e pessoas que estejam utilizando certos medicamentos (p.ex.: corticóides) por um período prolongado. Outros fatores de risco incluem ingestão insuficiente de cálcio, tabagismo, sedentarismo, história de familiares afetados pela doença e consumo exagerado de bebidas alcoólicas.

Vários estudos mostraram que pessoas que sofrem de artrite reumatóide possuem um risco maior para osteoporose e fraturas ósseas. Isto ocorre por vários motivos.

Para começar, os corticóides - medicamentos utilizados com freqüência no tratamento da artrite reumatóide - podem acelerar a perda de densidade mineral nos ossos. Além disso, a dor e a incapacitação funcional de algumas articulações podem resultar em inatividade, aumentando ainda mais o risco de osteoporose.

Os estudos também mostraram que a própria artrite reumatóide pode resultar em perda de densidade mineral nos ossos próximos às áreas afetadas pela doença.

Para reduzir o risco de osteoporose, pessoas que sofrem de artrite reumatóide devem estar atentas aos seguintes pontos:

Leve uma dieta adequada

Uma dieta rica em vitamina D e cálcio é essencial para a saúde dos ossos. Boas fontes de cálcio incluem laticínios desnatados, vegetais folhosos verdes, e alimentos e bebidas enriquecidas com cálcio. Dependendo do caso, o uso de suplementos (comprimidos) de cálcio pode ser indicado.

A vitamina D é produzida na pele através da exposição ao sol. Apesar da maioria das pessoas ser capaz de produzir naturalmente toda a vitamina D que precisam, pessoas mais idosas quase sempre apresentam deficiência desta vitamina. Nestes casos, o uso de suplementos é essencial para manter os níveis de vitamina D dentro do adequado.

Pratique exercícios

Assim como os músculos, os ossos são tecidos vivos que respondem bem aos exercícios, se tornando mais fortes e resistentes. Caminhar, subir escadas, levantar pesos e dançar são maneiras excelentes de preservar a saúde dos ossos.

Apesar dos exercícios poderem causar desconforto ou dor em algumas pessoas com artrite reumatóide, eles aumentam a flexibilidade e o equilíbrio, reduzindo o risco de quedas e fraturas.

Mantenha hábitos saudáveis

O cigarro é um veneno tão grande para os ossos quanto para os pulmões. Mulheres que fumam tendem a chegar mais cedo à menopausa, perdendo massa óssea mais rapidamente que mulheres que não fumam. Além disso, os fumantes possuem uma capacidade menor para absorver o cálcio presente nos alimentos.

O álcool possui um efeito similar sobre a saúde dos ossos. Além disso, o consumo exagerado de álcool pode resultar em quedas com alto risco de fraturas graves.

Realize um exame de Densitometria Óssea

A densitometria óssea é um exame capaz de medir o nível de mineralização dos ossos em várias partes do corpo. Este teste pode detectar a presença de osteoporose antes que uma fratura ocorra.

Toda pessoa com artrite reumatóide que esteja fazendo tratamento com corticóides há 2 meses ou mais, deve passar por uma densitometria óssea de controle.

Utilize corretamente sua medicação

Assim como a artrite reumatóide, a osteoporose não possui cura. Contudo, existem vários medicamentos capazes de prevenir e tratar o problema.

Por exemplo, homens e mulheres com artrite reumatóide que estejam utilizando corticóides podem fazer uso de alendronato (para tratar) ou risendronato (para prevenir e tratar) a osteoporose. Converse com seu médico.

Copyright © 2007 Bibliomed, Inc.                                        18 de julho de 2007



Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: