Publicidade

Artigos de saúde

Acne: Como Controlar o Problema

A acne é um problema que atinge indiscriminadamente adolescentes, mulheres e homens, além de influir em casos mais extremos, como no comportamento das pessoas. Situação que pode ser comprovada em especial junto aos adolescentes, que na maioria das vezes são capazes de não sairem de casa ou deixarem de ir à uma festa por causa das famosas espinhas que podem aparecer, em determinados casos, de um dia para o outro.

As glândulas sebáceas secretam as gorduras para criar um manto protetor para a pele. Com aumento na produção dessa gordura, o poro por onde ela deveria chegar a camada externa da pele se obstrui e o que fica retido inflama. Esta alteração é o que chamamos de acne – o alvo predileto da acne é o adolescente, mas também atinge homens e mulheres indiscriminadamente, portanto, ninguém está isento de passar por este tipo de problema.

Causas

As causas de acne são as mais variadas, mas o primeiro passo é uma consulta ao dermatologista. De posse de vários exames e algumas informações básicas sobre a história familiar, hábitos alimentares, entre outros, poderão ser detectados as causas.

Um simples creme, as deficiências hormonais e os fatores hereditários podem causar o problema da acne. Os fatores hereditários são fortes, pois existem famílias inteiras de acnéicos. Nestes casos, a partir de 10 anos de idade é já possível prever o aparecimento da acne. Outra questão importante é o desequilíbrio hormonal que na puberdade é que o adolescente tem seus hormônios sexuais estimulados.

Com a ativação dos hormônios masculinos ocorre uma reação nas glândulas sebáceas, propiciando o aparecimento da acne.

Nas mulheres, a acne pode se agravada ainda devido aos problemas com os ovários. As portadoras de uma disfunção que não transforma o hormônio masculino (andrógeno) em feminino (estrógeno). Além disso, essas pacientes além da acne podem ter problemas de obesidade, aumento de pelos e irregularidades menstruais.

Os especialistas de uma maneira geral aconselham cautela com relação ao uso de cosméticos. Na grande maioria das vezes, os produtos são gordurosos ou oleosos, como as bases, cremes hidratantes, entre outros. Neste caso, eles podem trazer acne até para quem nunca teve este tipo de doença, nem na adolescência.

Existe ainda uma série de medicamentos que podem agravar os problemas da acne. São os remédios como a cortisona, os barbitúricos, xaropes à base de iodo ou bromo podem ter efeito colateral e formar a acne. Se o uso for imprescindível, recomenda-se um tratamento dermatológico em paralelo.

Tratamento

A acne não tem cura, mas é uma doença que pode ser controlada. O tratamento varia de acordo com o paciente e o tipo de acne.

As formas mais utilizadas de tratamento são à base de antibióticos orais ou tópicos para os casos mais graves, medicamentos que ressecam a pele, peróxido de benzila, vitamina A ácida oral (para casos gravíssimos), entre outros. Atualmente em determinados casos podem ser adotados outros recursos, como o peeling químico ou cirúrgico sempre sob orientação de um especialista em dermatologia. Além disso, é claro, a persistência é tudo em termos de tratamento.

Cuidados

As pessoas portadoras da acne devem tomar alguns cuidados que de alguma forma contribuem para a melhora deste problema.

Os principais cuidados são a higiene da pele, resistência aos maus hábitos, sol e alimentação. Com relação à higiene da pele, o mais correto é seguir as instruções do dermatologista que acompanha o tratamento. Mas é prudente lembrar que os cuidados com a higiene da pele são fundamentais. Neste caso, a pele deve receber sabonetes especiais, emulsões ou leite de limpeza específico. Outro aspecto importante é com relação ao uso de loções alcoólicas que retiram a oleosidade natural da pele, desidratando-a.

Resistir aos maus hábitos é também uma palavra de ordem. Assim, espremer e cutucar cravos e espinhas são um verdadeiro flagelo para a pele. As suas mãos podem estar sujas e contaminar as espinhas, deixando marcas.

Outro inimigo de sua pele é o sol. Apesar de ser adorado por muitos, o sol causa um espessamento da pele ao mesmo tempo em que faz as glândulas sebáceas trabalharem mais, embora as pessoas pensem que seu efeito é benéfico.

Com relação a alimentação, os especialistas no assunto lembram que alimentos com muita gordura, iodo, vitamina B12 refletirão na sua pele, cabelos, etc. Isto não significa que se deva abolir este tipo de alimentação. Equilíbrio e moderação devem ser recomendados. O chocolate, por exemplo, pode ser consumido com moderação.

Outro fator agravante do problema é o stress. Para o tratamento dar resultado, antes você tem que estar livre do stress. O nervosismo, a ansiedade e desânimo não combinam com uma pele saudável. Além disso, é preciso lembrar que a limpeza de pele só deve ser feita por uma pessoa entendida do assunto e sempre sob recomendação médica do seu dermatologista.

Conselho & Orientação

As pessoas devem estar atentas ao problema, seguir uma alimentação adequada, manter como propósito o cuidado com a pele, e estarem conscientes que o tratamento é longo, mas que os resultados, havendo persistência serão satisfatórios. Atualmente a medicina evoluiu muito em termos de tratamento para acne, seja com relação aos novos medicamentos, como também quanto às formas de tratamento. Não dê ouvido a qualquer pessoa e não tente se automedicar. Procure a orientação de um dermatologista, profissional médico que pode lhe fornecer todo e qualquer esclarecimento sobre o assunto.

As soluções caseiras podem agravar seriamente o estado geral da pele, e em especial das acnéicas. Neste caso, se todas as crendices e soluções mágicas fossem capazes de solucionar o problema, as nossas vovós e antepassados nos teriam passado todas as informações e ninguém mais teria as famosas espinhas.

Existem ainda algumas regras básicas que todas as pessoas deveriam seguir ou evitar. É importante lembrar sempre que a pele de uma pessoa é completamente diferente de outra. Não tente de maneira alguma copiar a sua receita ou fórmula, pois cada pele é uma pele e o melhor é procurar o seu dermatologista.

Assim como uma limpeza de pele só deve ser indicada por este profissional – resista as propagandas e anúncios dos centros de estéticas. Desconsidere os tradicionais mitos, como lavar o rosto com água de arroz e outras soluções caseiras.

Se isto fosse verdade, qual pai ou mãe que se negaria a passar uma receita para os seus filhos? Outro engano é com relação ao uso da pasta de dente para secar as espinhas – o dentifrício é indicado para a limpeza dos dentes e não é um creme indicado para a acne. Tome muito cuidado com o sol, não use roupas apertadas, porque se você tem espinhas nas costas, por exemplo, isto pode causar mais fricção. Além disso, resista a tentação de espremer qualquer parte de seu rosto e procure um dermatologista – ele é o médico indicado para tratar do problema.

Copyright © 2000 eHealth Latin America



Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: