Publicidade

Artigos de saúde

Câncer de Seio I

Neste Artigo:

- Os Fatores Genéticos
- Câncer de Mama: Informe-se !
- Características Singulares do Câncer de Mama Familiar
- Veja Outros Artigos Relacionados ao Tema


Os Fatores Genéticos


Camila Rodríguez é uma jovem de 34 anos, casada e tem dois filhos. Há sete meses seu médico diagnosticou um câncer de seio (mamas), doença com a qual luta constantemente com a ajuda de seu marido e de seus filhos. O médico de Camila optou por buscar as causas que provocaram o câncer. Para encontrar alguma resposta submeteu Camila a vários testes de DNA, para assim conseguir encontrar uma possível genealogia de sua doença.

Segundo a Liga Colombiana de Luta Contra o Câncer, os exames que estabelecem uma possível herança de câncer de mamas são os de DNA, podendo-se trabalhar para que este defeito genético não se manifeste no futuro, através de tratamentos especializados.

A efetividade das provas, demonstrou que a doença foi adquirida geneticamente e manifestou-se na mesma idade que sua avó paterna também apresentou a enfermidade.

Camila, desde que soube o diagnóstico genético, começou a preocupar-se com o futuro de sua filha. Por esta razão buscou especialistas para que trabalhassem na herança genética da menina, tentando descartar ou tratar adequadamente qualquer mutação genética maligna que ponha em risco a saúde de sua filha no futuro.

A doença de Camila foi descoberta a tempo, isto serviu para que a enfermidade pudesse se controlada com o tratamento médico recomendado. As possibilidades de que sua filha não sofra da mesma doença são bastante grandes, já que se está tratando de suprimir qualquer indício desta enfermidade, na informação genética que possui.

Câncer de Mama: Informe-se !

O câncer de seio é o tumor maligno mais freqüente na mulher. Sua incidência e mortalidade são cinco vezes maiores nos USA e no Norte da Europa que na maior parte dos países da Ásia e África, enquanto possui taxas intermedárias nos países da América do Sul e do Sul da Europa; demonstram os números da Organização Mundial da Saúde, OMS.

O câncer de mamas é mais freqüente nos países mais desenvolvidos economicamente. A Espanha, com cifras em torno de 35 casos por 100 mil habitantes ocupa uma posição baixa, apesar de ser um país moderadamente industrializado.

A mortalidade é mais alta nas nações mais ricas do planeta: o Havaí com 80,3 casos por habitante, a Suíça com 70,6 casos, os Estados Unidos com 60 casos. A mortalidade mais baixa dá-se no Chile com 9 casos por habitante, a Venezuela com 4 casos e (contrário a relação entre riqueza e câncer de seio), o Japão com 3 casos.

Os fatores epidemiológicos e de risco são:

· Predisposição genética
· Ambiente hormonal adverso
· Incompetência imunológica
· Exposição a carcenógenos
· Condições pessoais e demográficas adversas

O câncer de seio hereditário compreende aproximadamente de 5% a 10% de todos os casos de câncer de seio. Segundo a Dra. Sophia Parejas, médica argentina, os gens das células são portadores da informação genética que herdamos dos pais.

Têm-se encontrado vários gens defeituosos em alguns pacientes com câncer. Os familiares das pacientes com câncer de seio portadores destes gens defeituosos, correm maior risco de desenvolver câncer de seio ou de ovário que a maioria das pessoas em geral.

Alguns gens defeituosos, acrescenta Parejas, são mais comuns em certos grupos étnicos. Estão sendo desenvolvidos testes para identificar os portadores deste defeito genético antes que apareça o câncer.

Segundo a médica, se está começando a notar que os familiares das pessoas que padeceram ou estão padecendo de câncer mamário, têm três vezes mais possibilidades de sofrer da doença que a população normal, sendo o risco variável, dependendo do tipo de parentesco (mais ou menos próximo).

Características Singulares do Câncer de Mama Familiar

Em geral, sustenta a entidade colombiana que investiga o tema, um câncer de transmissão hereditária autosômica pode distinguir-se de um grupo de casos esporádicos em uma mesma família pelos critérios seguintes:

1. Menor idade de aparição

2. Aparição bilateral ou multifocal do câncer.
Sugundo a médica argentina e conhecedora do tema, os estudos genéticos têm permitido que a ciência avance de maneira interessante no conhecimento de algumas das causas do câncer de seio. Inclusive, sustenta Parejas, de 1 a 2% dos judeus, pode-se encontrar mutações geneticamente herdadas da linha germinal em BRCA1 ou BRCA2.

Isto deve-se as seqüelas da guerra, onde os judeus estiveram expostos ao chumbo e a outros químicos nos campos de concentração, permitindo mutações nos gens e dando passagem para vários casos de câncer de mama.

A herança genética judía expandiu-se, pouco a pouco pelo mundo, à outras pessoas. No momento de formar distintos vínculos com membros de outras raças, os gens e a informação contida neles deram base para uma expanção genética massiva.

A Dra. Rebecca Hunter Dorcas, especializada no tema, assegura que o manejo do câncer de mama tem sido feito de forma cada vez mais completa, oferecendo novos desafios no cuidado dos pacientes e suas famílias, enquanto enfrentam as decisões, as mudanças físicas, o impacto psicológico e as necessidades de reabilitação.

A importância de conhecer os antecedendes familiares próximos à esta doença, pode ajudar a encontrar uma possível cura para o câncer de mamas em um paciente. De igual maneira, se existe algum caso da doença em um familiar próximo, poderá servir como antecedente para iniciar um processo genético de controle, evitando assim, um possível risco de contrair a enfermidade no futuro.

O câncer de mamas genético ou hereditário é câncer bastante complexo de tratar, as mutações que apresentam os gens podem determinar defeitos no conteúdo da informação que possuem. Entretanto, a tecnologia e os avanços científicos têm demonstrado efetividade nos processos para combater a doença e prolongar a vida de muitas pacientes, encontrando uma possível cura.

Copyright © 2000 eHealth Latin America


Artigos relacionados com esse tema:

Câncer de Seio II

Câncer de Mama: O Que Você Deve Saber e Pode Fazer Para se Prevenir ?

Impactos Psicológicos e Sociais da Mastectomia Realizada de Modo Profilático para Evitar o Câncer de Mama

O Que são as Calcificações na Mama e Quais os Riscos de Tornarem um Câncer


VISITE NOSSA COMUNIDADE DO CÂNCER DE MAMA



Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: