Publicidade

Artigos de saúde

Exame de Papanicolau (Citologia Oncótica)

O que é o exame de papanicolau?

O exame de Papanicolau verifica alterações nas células do colo do útero. O colo do útero é a parte mais baixa do útero que o liga à vagina.

Outros nomes para o exame de Papanicolau são Citologia Oncótica ou Preventivo.

Para que serve o exame?

O exame de Papanicolau serve para se verificar alterações nas células cervicais. Estas alterações que podem ser detectadas são chamadas de displasia cervical e podem se transformar em câncer se não forem descobertas e tratadas.

O Papanicolau também pode detectar infecções viróticas no colo do útero, como por exemplo verrugas genitais e herpes, e infecções vaginais tais como as causadas por fungos ou por trichonomas. Algumas vezes, o teste pode dar informações sobre seus hormônios, principalmente progesterona e estrogênio.

As mulheres, principalmente as sexualmente ativas, deveriam se submeter a um exame preventivo no mínimo uma vez por ano. O médico recomendará a freqüência com que o exame será feito baseado nos seus fatores de risco para desenvolver câncer cervical.

Existe uma chance crescente de desenvolver este tipo de câncer se:

- Se ao fazer algum exame de Papanicolau perceber alterações.
- Iniciou a vida sexual muito cedo.
- Teve ou tem muitos parceiros sexuais.
- Você ou seu parceiro têm tido infecções genitais.
- Teve câncer de vulva ou vagina.
- A parceira anterior do seu atual parceiro teve câncer cervical ou anomalias nas células cervicais.
- Seu parceiro teve câncer de pênis.
- É fumante.
- Sua mãe tomou o hormônio dietilstelbestrol (DES) enquanto grávida de você.
- Seu sistema imunológico for fraco, porque você já foi submetido a transplante, ou porque você toma drogas que enfraqueçam o sistema imunológico ou porque tem AIDS.

Após os 65 anos, seu médico poderá não mais pedir o exame de citologia caso os anteriores tiverem sido normais. No entanto, um exame físico anual continua sendo importante por outras razões de saúde, inclusive para tornar possível o descobrimento de um câncer de mama e de vulva, ainda em fase inicial.

Como deve ser o preparo para o exame?

Não use ducha ou cremes vaginais durante os dois dias anteriores ao exame, nem mantenha relação sexual dentro das 24 horas anteriores, pois isto pode causar resultados incorretos.

O que acontece durante o exame?

O Papanicolau demora poucos minutos e é feito como parte de um exame ginecológico de rotina. Quando estiver deitada , com os joelhos dobrados e as pernas afastadas, o seu médico introduzirá um espéculo na sua vagina. Este aparelho permite a abertura das paredes da vagina para que o médico possa ver o colo do útero. Então, ele utiliza um cotonete especial, uma escovinha ou uma palheta para, esfregando, remover algumas células do colo do útero, as quais serão mandadas a um laboratório para serem analisadas microscopicamente.

O que acontece após o exame?

Se as células se mostrarem normais, não será necessário nenhum tratamento.

O exame citológico deverá mostrar se tem alguma infecção. Seu médico deverá tratar você desta infecção e sugerir que outro preventivo seja feito em alguns meses.

Se as células não se apresentarem normais, poderão ser necessários mais exames. Discuta com o seu médico se deverá retornar para um exame posterior.

Você deve conversar com seu médico a respeito dos resultados do seu exame pois o Papanicolau não é 100% garantido.

Quais os benefícios deste exame?

O Papanicolau pode detectar doenças pré-cancerígenas e, se estas doenças são descobertas a tempo, há uma grande chance de o desenvolvimento do câncer ser combatido através de um tratamento simples. Este exame também é utilizado para detectar alguns tipos de infecção no colo do útero e na vagina.

Original de: Phyllis G. Cooper, R.N., M.N., "Clinical Reference Systems"

©1999 Clinical Reference Systems



Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: