Publicidade

Artigos de saúde

Candidíase (Infecção Fúngica)

O que é candidíase ?

A candidíase é uma condição causada pelo fungo Candida albicans. É também conhecida como uma infecção de levedura. Pode infectar a vagina, boca, e áreas úmidas na pele.

Como acontece?

É normal a presença de algum fungo no corpo. Bactérias normalmente mantêm a população de fungos sob controle. Porém, às vezes ocorre crescimento de fungos e surge uma infecção.

Existem várias situações em que o fungo pode crescer demais ou se multiplicar. Por exemplo, antibióticos podem destruir as bactérias que inibem os níveis de fungo.

Desordens e mudanças de causas hormonais, tais como menopausa, gravidez, ou a ingestão de pílulas contraceptivas, podem também favorecer o crescimento fúngico. As infecções de levedura são freqüentemente associadas com o diabetes, especialmente quando o açúcar do sangue não for bem controlado. Ocorrências periódicas ou casos refratários ao tratamento de candidíase vaginal pode às vezes ser o primeiro sinal de diabetes.

Menos comumente, infecções fúngicas persistentes podem ser um sinal precoce de infecção pelo HIV. As drogas que suprimem o sistema imunológico do organismo (como as drogas usadas para tratar AIDS) também permitem o crescimento e disseminação fúngicas.

A candidíase geralmente não é disseminada por relação sexual.

Quais são os sintomas?

Na vagina candidíase causa uma secreção que é espessa e branca. Outro sintomas que as mulheres têm comumente são:

- coceira
- vermelhidão da parte exterior da vagina (a vulva)
- a irritação à micção.

Algumas mulheres infectadas com Cândida não têm nenhum sintoma.

Em homens, o fungo pode causar inchaço e vermelhidão no pênis e prepúcio. As infecções de levedura do pênis são mais comuns quando o pênis for não circuncidado.

Se a boca está infetada, a mucosa da boca fica freqüentemente vermelha e dolorida. Às vezes o fungo causa manchas brancas e placas na mucosa da língua e bochecha. Isto é chamado "tordo." O fungo pode causar feridas crescentes amarelo-cremosas, na boca.

Na pele (inclusive pele com erupção cutânea de fralda),a candidíase produz uma erupção cutânea vermelha e sarnenta. Freqüentemente a erupção cutânea é uma placa vermelha com pequenos pontos vermelhos ao redor.

Como é feito o diagnóstico?

Seu médico perguntará sobre sua história médica e fará exames. Algumas células retiradas de uma erupção cutânea podem mostrar a levedura quando vistas ao microscópio.

Como é tratada?

Seu médico prescreverá medicamento para infecções causadas por Candida albicans.

Quanto tempo durarão os efeitos ?

Com o tratamento apropriado, a infecção apresentará melhoras de alguns dias a uma semana.

Quais cuidados devem ser tomados?

Para obter melhores resultados durante o tratamento, siga as seguintes diretrizes:

- Evite relação sexual até que a infecção apresente melhoras.
- Siga completamente o tratamento prescrito por seu médico.
- Depois de urinar, enxugue-se delicadamente para evitar irritação.
- Evite dietas ricas em açúcar.
- Use sabonetes neutros.
- Evite usar duchas e outras substâncias químicas, como bolinhas perfumadas de banho ou sprays de higiene, na área vaginal a menos que tenha sido recomendado pelo seu médico.
- Tome banho de chuveiro em vez de banho em banheira. Mantenha a área genital seca.
- Vista roupa íntima de algodão para permitir ventilação e para manter a área seca.
- Perca peso se você for obeso (20% acima do peso normal).
- Se você for diabético, mantenha uma taxa de açúcar do sangue normal.
- Tente comer iogurte. Algumas mulheres acham que consumo diário de iogurte previne o crescimento de levedura.

ATENÇÃO: Procure seu médico imediatamente se apresentar repetidas infecções de levedura dentro de um período de 2 meses ou uma infecção por fungo que persiste apesar do tratamento. Deixe que seu médico se certifique de ser uma infecção fúngica e se for, determine por que não está respondendo ao tratamento.

O que pode ser feito para prevenir a ocorrência de cândida?

Para prevenir a candidíase, siga estas diretrizes:

- Mantenha secas e ventiladas as áreas mais úmidas do corpo
- Evite vestir um maiô molhado ou roupa úmida por longos períodos de tempo.
- Evite freqüentes duchas.
- Evite bolinhas de banho (cheirosas ou sem aroma).
- Evite vestir roupa íntima feita de fibra sintética ou outros materiais que permitam pouca ventilação.
- Acrescente iogurte à sua dieta.
- Evite, se possível, o uso freqüente ou prolongado de antibióticos orais.

Desenvolvidos por Sistemas de Referências Clínicas.
Copyright 1998 Sistemas de Referências Clínicas



Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: