Publicidade

Artigos de saúde

O Estresse Não Causa o Câncer de Mama

A noção de que o câncer de mama surge devido a eventos relacionados ao estresse é muito antiga e existe na literatura desde o ano de 1701. Um novo estudo, porém vem trazer novas informações acerca desta assertiva, acabando por contradizê-la.

Em estudo publicado no British Medical Journal da última semana, pesquisadores liderados pelo Dr. David Protheroe da Leeds General Infirmary e da Universidade de Leeds, em Leeds, Inglaterra, avaliaram 399 pacientes com idades entre 40 e 79 anos, que foram atendidas em clínicas locais de mastologia, devido à nódulos de mama. Pacientes com história passada de câncer de mama e incapacidade de colaborar com a entrevista, devido a dificuldade de falar a língua inglesa e/ou doença mental ou física incapacitante foram excluídas do estudo.

O protocolo do estudo envolveu uma entrevista específica com os pesquisadores no dia seguinte da consulta com o mastologista. Na entrevista, procurou-se uma descrição acurada dos eventos e dificuldades ocorridos nos 5 últimos anos, assim como realizou-se uma avaliação do quadro de depressão emocional porventura presente. Fatores sociais e físicos relativos à doença foram também levantados; as pacientes foram solicitadas a predizer o diagnóstico, ou seja, se em sua opinião os exames feitos para avaliar os nódulos mamários seriam cancerosos ou não. Avaliações semanais subsequentes eram feitas com as pacientes.

A presença do câncer foi diagnosticada através de exames citológico e confirmado por biópsia; as pacientes com nódulos benignos constituíram o grupo de controle. Foi possível constituir um grupo de 332 pacientes que se habilitaram e preencheram os requisitos para o estudo. 106 pacientes (32%) tinham o câncer de mama, e 226 (68%) eram portadoras de nódulos benignos. Todas as entrevistas foram tabuladas e analisadas estatisticamente.

Os pesquisadores verificaram que os maiores fatores de risco para o câncer de mama foram o aumento da idade, o aumento da massa corpórea, e um aumento do consumo de álcool. Na avaliação dos casos e em relação às entrevistas feitas, não se verificou correlação de desse suporte à teoria de que o estresse pudesse ter relação com o câncer de mama ou com a ocorrência de nódulos benignos.

Fonte: BMJ 1999;319:1027-1030 (16 October)

Copyright © 2000 eHealth Latin America



Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: