Publicidade

Artigos de saúde

Tênis: Qual o Modelo Mais Adequado Para os Seus Pés?

Oferecido no mercado com cores, tamanhos, formas, marcas e preços diversos, o tênis é hoje um dos sonhos de consumo dos brasileiros que em alguns casos desembolsam até três salários mínimos para ter o "melhor". Com tanta popularidade, a escolha do modelo adequado para o uso pessoal não é fácil.

Diante das várias marcas e tecnologias presentes, além é claro das estratégias de marketing, o trabalho da escolha fica ainda mais complicado. Por isso é necessário observarmos alguns itens importantes antes da compra. Uma escolha inadequada pode levar a lesões ósseo-musculo-ligamentares nos pés, joelhos e até mesmo coluna vertebral.

Pessoas que utilizam com freqüência o tênis, sejam estudantes, esportistas, ou aquelas que usam para relaxar durante o final de semana, devem observar não só o aspecto estético e o preço, mas uma marca que lhes dê segurança e conforto.

Sistemas de amortecimento

Durante uma marcha ou corrida o impacto do movimento pode ser reduzido em até 50% com o uso de tênis adequado, como ocorre com aqueles que possuem sistemas de amortecimento, onde são utilizados materiais como o poliureterano, que é denso e macio nas entresolas e palmilhas.

Algumas marcas incorporam o que há de mais moderno em tecnologia de amortecimento do impacto como bolsas cheias de gás pressurizado, localizadas no calcanhar e no frontal, e até mesmo bolsas cheias de gel à base de silicone. Tanto o gás como o gel dispersam o impacto vertical para a posição horizontal, amortecendo o choque dos pés.

Mas existem outros sistemas interessantes para a diminuição do impacto. Um deles utiliza discos de borracha com estabilidades diferentes, que são colocados na região do calcanhar e devem ser combinados conforme a atividade física, piso e peso.

As pirâmides de poliuterano revestidas também fazem parte das tecnologias antiimpacto. Mas ainda há o sistema de favos e pilares gelificados. O fato é que todos os sistemas têm uma certa eficiência. Além destes sistemas de amortecimentos, os tênis devem ter uma elevação de 20 a 30 mm na região do calcanhar.

Outros detalhes a serem verificados na compra de um tênis são os sistemas incorporadores para evitar a pronação e a supinação do pé (movimento para dentro e para fora respectivamente). Estes dispositivos com relativa resistência são colocados nas bases laterais dianteira e traseira e no calcanhar.

Copyright © 2000 eHealth Latin America



Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: