Publicidade

Artigos de saúde

Organização Médicos Sem Fronteiras ganha o Prêmio Nobel da Paz de 1999

A organização não-governamental internacional Médicos Sem Fronteiras - Médecins Sans Frontières (MSF), recebeu em outubro de 1999 o Prêmio Nobel da Paz em Oslo, Noruega. O prêmio consagra o trabalho da organização, que presta assistência médica em cerca de 80 países, dos quais 20 se encontram em conflito.

A organização foi fundada em 1971 por um pequeno grupo de médico franceses, em Paris. No momento, cerca de 2.000 médicos trabalham por ano ao redor do mundo, a maioria em países do terceiro mundo.

O comitê do prêmio Nobel disse sexta-feira que este prêmio foi dado ao grupo em reconhecimento por seu trabalho, que recentemente incluiu assistência médica em Timor Leste, a ajuda às vítimas do terremoto na Turquia, e uma ação no Kosovo.

"As fronteiras dos países e as circunstâncias políticas ou simpatias não devem influenciar a quem devemos propiciar ajuda humanitária", disse o Dr. James Orbinski, Presidente do Conselho Internacional do MSF em um comunicado.

"Pela manutenção de um alto grau de independência, a organização tem conseguido atingir estes ideais. O prêmio Nobel de hoje é partilhado por milhões de pessoas que dão suporte ao trabalho e aos princípios do MSF e da assistência humanitária. É também partilhado por cada um de nossos voluntários e equipe nacional que fazem com que o direito a uma assistência humanitária seja uma realidade", concluiu o Dr. Orbinski.

O site internacional da organização pode ser encontrado em http://www.msf.org

Fonte: Médicos Sem Fronteiras - Website



Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: