Publicidade

Artigos de saúde

Cuidados Especiais com a Saúde e Férias Prazeirosas

Mar poluído, areia contaminada, sol em excesso, picadas de insetos ou piscinas com germes e muito cloro: estes são alguns dos estraga prazeres de quem for aproveitar o verão.

Na volta do litoral, crianças e adultos invariavelmente sofrem com as infecções nos olhos, ouvidos e pele, desidratação e infecção estomacal pelo consumo de alimentos deteriorados ou em excesso.

Piscinas com grande concentração de produtos químicos podem causar conjuntivite e rinite alérgica.

Mas algumas dicas podem ajudar a minimizar os dissabores. Na praia, caminhe de chinelos e fuja daquelas freqüentadas por cachorros, transmissores potenciais de bactérias e das que possuem esgoto a céu aberto. Convém lembrar que areias sujas, além de abrigo de micro organismos, podem esconder latas e vidros.

As pessoas propensas a reações alérgicas devem tomar cuidado com o tempo de exposição ao sol e com picadas de insetos. A picada dos pernilongos, que vivem em águas paradas, e dos borrachudos, que preferem correntezas, causa os estrófulos, bolinhas vermelhas que coçam bastante.

As crianças são vítimas freqüentes, mas, com o passar do tempo e a repetição das picadas, a reação se anula sob efeito de tratamento ou pela maior resistência do sistema imunológico. Telas na janela e véu sobre a cama são recursos que ajudam.

Relacionamos a seguir, os problemas mais freqüentes do calor e a melhor maneira de combatê-los.

Micose por fungos: Bolhas, vermelhidão ou descamação entre os dedos e na região da virilha, nádegas e púbis. Causadas pelo uso de banho de mar em praias poluídas, lava-pés sujos de piscinas e uso comum de toalhas e trajes íntimos.

Infecções por bactérias: Bolhas ou nódulos que se multiplicam pelo corpo. Evite águas contaminadas e use roupas leves. Alimentos deteriorados podem causar infecção intestinal.

Suor em excesso: Brotoejas, pequenas bolhas d’ água que surgem quando os poros entopem. Use roupas leves.

Insolação: Atinge pessoas que abusam do sol nos primeiros dias. Os sintomas incluem pele seca, febre, etc. Crianças são mais afetadas.

Desidratação: Exposição excessiva ao sol e não repor líquido com freqüência. Sol moderado e consumo constante de água e suco evitam o problema.

Insetos: Embora inevitáveis, procure manter-se longe deles. Use repelente contra borrachudos e, em caso de picada, lave o local com água e sabão. O uso de pomada antialérgica ou outro medicamento deve seguir orientação médica.

Na praia: Afaste-se de locais com esgoto e fezes de cachorro. Use chinelos, não nadem perto de rochedos, fique de olho nas crianças mesmo com bóias, elas transmitem falsa sensação de segurança.

Na piscina: A água não pode estar esverdeada ou turva, a junta dos azulejos deve estar visível, o lava-pés deve estar limpo. Saia da água ao primeiro sinal de ardência nos olhos, irritação na garganta ou nariz.

Siga estes conselhos e aproveite os prazeres da estação, como a água, o sol, o mar, a piscina junto com sua família e amigos.

Copyright © 2000 eHealth Latin America



Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: