Publicidade

Artigos de saúde

Algumas Mulheres Sob Risco no Uso de Anticoncepcionais

Mulheres com defeitos hereditários da coagulação do sangue podem desenvolver trombos (coágulos sangüíneos) intravenosos ao usarem pílulas anticoncepcionais.

Um novo estudo conduzido no Hospital Universitário de Leiden, Holanda, comparou 155 mulheres com idades entre os 15 e os 49 anos que foram vítimas de trombose venosa, com outras 169 mulheres com as mesmas idades que não apresentaram a doença. O estudo foi liderado pela doutora Kitty Bloemenkamp e publicado no número de 10 de janeiro da revista Archives of Internal Medicine.

No total,109 mulheres estavam usando pílulas anticoncepcionais quando foram vítimas da trombose venosa, localizada nas veias das pernas. Os principais sintomas foram a dor, edemas, e inflamações. As pacientes foram tratadas com repouso e medicamentos para diminuir a coagulação do sangue.

Analisando os resultados, os autores verificaram que o risco da ocorrência de trombose venosa nos primeiros seis meses de uso da pílula anticoncepcional é dezenove vezes mais alto em mulheres com alterações da coagulação do sangue.

Os autores concluíram ao avaliar os seus resultados que a trombose venosa precoces, logo após o início do uso de pílulas anticoncepcionais, pode indicar a presença de um defeito genético (hereditário) da coagulação.

Não está bem definido se uma avaliação laboratorial minuciosa antes do início do uso de anticoncepcionais orais seria recomendável, mesmo em mulheres com parentes próximos com tais desordens, de acordo com os pesquisadores.

Entretanto, recomendam que os médicos devam obter uma história familiar minuciosa quanto à doenças da coagulação do sangue, assim como orientar as pacientes acerca da trombose venosa profunda antes de prescreverem o uso de pílulas anticoncepcionais.

Fonte: Archives of Internal Medicine 2000;160:49-52

Copyright © 2000 eHealth Latin America



Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: