Publicidade

Artigos de saúde

Saiba o Que é Transpiração Excessiva

É comum o tratamento da transpiração como um desagradável processo por causa do odor, nem sempre agradável. A transpiração é uma defesa natural do organismo contra o calor.

Na medida em que a temperatura do corpo aumenta precisamos de água para resfriá-lo e evitar o superaquecimento.

Além de manter a temperatura do corpo estável, a transpiração tem a tarefa de eliminar as toxinas. Por isso, por mais desagradável que possa aparecer, suar é preciso. Mas isto não quer dizer que devamos conviver com isto sem fazer nada. Existem métodos para conviver com o suor.

O suor é produzido pelas glândulas sudoríparas que temos espalhadas pelo corpo. São dois tipos de glândulas. Aquelas que produzem suor imperceptível e que são muito estimuladas pelo calor e por esforços físicos – chamadas apócrinas.

E ainda existem as responsáveis pelo suor das axilas, palmas das mãos e pés chamadas écrinas. Estas são reguladas por fatores hormonais e emocionais. Muitas pessoas estão expostas ao excesso de desta transpiração.

O pior é que geralmente esse suor é acompanhado de um odor desagradável, por causa das bactérias naturalmente presentes nas regiões de atuação das glândulas. Este problema atinge pessoas nervosas ou que possuem glândulas em excesso.

Como combater

Para controlar a transpiração você pode lançar mão de algumas armas como os produtos desodorantes e antitranspirantes. Casos mais extremos necessitam de orientação dermatológica; o importante é conhecer os produtos que podem auxiliar neste controle.

Os desodorantes anti-sépticos têm a função de neutralizar as bactérias responsáveis pelo odor desagradável. Podem ser usados diariamente, sem problemas. O mais indicado é o sem perfume. A combinação do suor com um perfume pode causar um novo odor desconhecido, além de possibilitar o surgimento de irritações alérgicas. Os ideais são produtos hipoalergênicos.

Já os antitranspirantes são produtos químicos que contém elementos como, sais de alumínio, capazes de contrair os poros e diminuir a produção das glândulas sudoríparas. Para usar estes produtos é necessário cautela. É importante que nosso corpo perca água, tanto para regularizar a temperatura como para manter o equilíbrio hídrico. Não os use regularmente. Reserve-os para ocasiões especiais.

Casos

Pés e mãos merecem atenção especial. O suor liberado pelas mãos tem causas nervosas e emocionais. O importante é tentar controlar as causas. Mas existem produtos atenuantes à base de cloridróxido de alumínio e gluteraldeído, ambos inibidores da transpiração, que apenas o médico pode receitar. Já os pés necessitam de um tratamento conjunto de higiene, pés e calçados.

A utilização de talcos apenas é insuficiente. O ideal é manter os calçados limpos e em locais arejados. O uso de meias de algodão colaboram para a solução do problema.

Engano

É freqüente a associação de perda de água com o emagrecimento. Muitas pessoas utilizam exercícios físicos para transpirar mais e acreditam que o peso diminua, mas a água perdida deve ser resposta. Durante a prática esportiva é importante a utilização de roupas adequadas.

Nunca devem ser pesadas ou plásticas. Este tipo de vestimenta prejudica a transpiração natural do organismo. Se existem dúvidas somente um médico poderá ajudá-lo.

Copyright © 2000 eHealth Latin America



Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: