Notícias de saúde

COVID-19 pode causar alterações nas unhas

10 de junho de 2021 (Bibliomed). As pessoas relataram uma ampla gama de sintomas depois de experimentar COVID-19, desde perda de cabelo e redução dos níveis de energia até perda do olfato. Agora, muitos estão relatando uma nova condição pós-infecção: alterações nas unhas.

De acordo com o estudo PREDICT e do aplicativo ZOE COVID Symptom Study, pacientes recuperados do COVID-19 estão relatando sulcos ou linhas em suas unhas, numa condição conhecida como linhas de Beau", que pode se desenvolver em pessoas que já tiveram uma infecção viral.

Os pesquisadores explicam que as linhas de Beau ocorrem quando há uma interrupção no crescimento regular das unhas. Segundo eles, há uma série de razões pelas quais as linhas de Beau aparecem, incluindo doença, lesão ou exposição a certos fatores ambientais.

Anormalidades nas unhas podem indicar doença subjacente ou sistêmica:

- baqueteamento das unhas, o que pode indicar um problema pulmonar ou doença inflamatória intestinal;
- unhas em forma de colher (coiloníquia), o que pode indicar anemia ou hemocromatose (muito ferro no sangue);
- separação das unhas do leito ungueal, conhecida como onicólise, que pode ser um sinal de tireoide hiperativa (hipertireoidismo).

Os pesquisadores enfatizam que as linhas de Beau não são exclusivas do COVID-19 e que qualquer tipo de doença sistêmica pode causar uma interrupção no crescimento normal das unhas e resultar no seu aparecimento.

Geralmente, as linhas somem com o crescimento normal das unhas, mas, quando isso não acontece ou começam a surgir novos sinais, deve-se procurar um médico para uma investigação de saúde mais aprofundada.

Fonte: Zoe Symptom Study. May, 2021.

Copyright © 2021 Bibliomed, Inc.

Copyright © 2021 Bibliomed, Inc.

Veja também

Faça o seu comentário
Comentários