Folhetos de saúde

Espondilite anquilosante e auto-estima

© Equipe Editorial Bibliomed

O que é a espondilite anquilosante?

A espondilite anquilosante é um tipo de espondiloartropatia, caracterizada pela inflamação das articulações (juntas) da coluna vertebral e dos ossos da bacia (articulação sacroilíaca). A doença é considerada o distúrbio inflamatório mais comum da coluna vertebral.

Como podemos definir a auto-estima?

Podemos definir auto-estima como o conceito que um indivíduo tem de si próprio. Uma auto-estima adequada reflete as boas qualidades individuais e dá consciência das fraquezas e problemas individuais, favorecendo a superação de desafios cotidianos.

Qual a relação entre a espondilite anquilosante e a auto-estima?

Pacientes com espondilite anquilosante podem muitas vezes experimentar problemas com sua auto-estima, especialmente diante dos quadros de deformidade que a doença pode determinar.

Qual é o tratamento para a espondilite anquilosante?

O tratamento para a  espondilite anquilosante é feito com base em medicações capazes de reduzir a inflamação das articulações acometidas pela doença, evitando sua progressão. Também são tomadas medidas no sentido de controlar a dor e corrigir cirurgicamente as deformidades, quando isso estiver indicado.

Existe cura para a espondilite anquilosante?

Infelizmente não existe cura para a espondilite anquilosante. Mas os tratamentos hoje disponíveis podem ajudar a controlar a doença de forma muito satisfatória. Por esse motivo, embora não seja uma noticia boa, o diagnóstico de espondilite anquilosante não precisa ser causa de tormento e desespero.

O fato de não haver cura para a doença interfere na auto-estima dos pacientes?

Sem dúvida. Muitos pacientes podem sentir-se condenados a viver com uma doença que não gostariam de portar. A condição de portador de uma doença para a qual não existe cura pode funcionar como um estigma nessas pessoas, que podem sentir-se depreciadas em relação aos seus pares.

O que pode ser feito para melhorar a auto-estima dos pacientes com espondilite anquilosante?

Antes de mais nada, é preciso ter consciência que a condição de portador de espondilite anquilosante exige adaptações na vida diária e que, a despeito dos problemas trazidos pela doença, é possível obter prazer nas atividades do cotidiano. A família, o trabalho, os amigos e as coisas boas da vida continuam à disposição de todos, e devem ser aproveitados ao máximo.

Medicamentos podem ser úteis?

Quando tristeza, falta de esperança, sentimento de culpa e dificuldade de obter prazer nas atividades do dia a dia forem persistentes e causa de sofrimento, é possível que haja um caso de depressão associado. A depressão é diferente da auto-estima baixa e precisa ser tratada. Os medicamentos hoje existentes para esse fim costumam ser muito eficazes.

Quando procurar ajuda?

Sempre que houver duvidas, um médico deve ser consultado. Antes de tomar qualquer medicamento ou atitude que possa interferir sobre sua doença, procure um profissional experiente e habilitado. Só ele está autorizado a indicar ou iniciar qualquer tipo de terapia para casos como o descrito acima.

Fonte: Bibliomed (www.bibliomed.com.br)

 

Veja também