Publicidade

Notícias de saúde

Asma deve ser controlada também no adulto

24 de dezembro de 2007 (Bibliomed). A asma é uma doença respiratória crônica, muito encontrada na infância. Entretanto, apesar de sua maior prevalência entre as crianças, isso não quer dizer que adultos não possam apresentá-la ou mesmo persistir com os sintomas infantis.

Muitos pacientes com asma acreditam, erroneamente, que conseguem manter os seus sintomas sob controle, utilizando esporadicamente os medicamentos de resgate durante as crises: as famosas “bombinhas”.

Contudo, um artigo publicado pelo Asthma and Allergy Foudation of América, escrito por pesquisadores americanos da Universidade da Califórnia, traz um importante alerta, especialmente para aqueles que se consideram “curados”: a ocorrência de sintomas como respiração curta, sibilança, tosse, entre outros, pelo menos uma vez por semana, indica que a asma não está tão sob controle como parece.

Segundo a publicação, a maior parte das pessoas que tem asma, evita utilizar medicamentos. Seria como negar a própria doença. Entretanto, uma em cada três dizem usar medicamentos de emergência diariamente e cerca de 73%, pelo menos uma vez por mês.

De acordo com o estudo, essa desconexão, entre os sintomas e a realização do tratamento pelos pacientes, deve alertar aos médicos e profissionais de saúde para a implementação de medidas educativas para o controle da asma, principalmente no sentido de conscientizar os pacientes sobre a gravidade da doença.

Fonte: News release, Asthma and Allergy Foundation of America.

Copyright © 2007 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: