Publicidade

Notícias de saúde

Economia é Responsabilizada por Aumento de Fumante na Irlanda

DUBLIN (Reuters) - O crescimento da economia do "tigre celta" está sendo apontado como o culpado pelo aumento no número de fumantes, segundo uma pesquisa publicada na segunda-feira, que revelou que um terço dos adultos da Irlanda fuma.

De acordo com o estudo, pela primeira vez as mulheres irlandesas superam os homens nas estatísticas de tabagismo, correspondendo a 55 por cento dos fumantes.

Os médicos afirmam que o "boom" econômico da Irlanda contribuiu para o aumento no número de fumantes, que passou de 27 para 33 por cento da população em seis anos.

"Maior rendimento significa que as pessoas podem comprar mais cigarros", disse Luke Clancy, médico consultor respiratório do Hospital St. James, em Dublin.

"O crescimento econômico leva à frustração por maior pressão no trabalho e ao estresse entre mulheres devido à falta de boas instituições de atendimento infantil e a tentativa de equilibrar a vida familiar e o trabalho", acrescentou Clancy.

Os longos congestionamentos em Dublin também foram responsabilizados pelo aumento do fumo, uma vez que os motoristas recorrem ao tabaco para aliviar suas frustrações.

O governo irlandês aumentou os impostos dos cigarros em dezembro, mas isso não teve qualquer efeito no número de fumantes. Atualmente, um maço de cigarro custa cerca de 4 libras irlandesas (4,60 dólares).

A pesquisa também descobriu que quase dois terços dos irlandeses que fumam podem ser classificados como grandes fumantes, consumindo mais de 15 cigarros por dia.

O estudo foi baseado em entrevistas pessoais com 1.400 irlandeses com 15 anos ou mais. A pesquisa foi conduzida pela empresa Nicorette, que produz diversos produtos para as pessoas que querem largar o fumo, como goma de mascar e adesivos de nicotina.

Sinopse preparada por Reuters Health

Copyright © 2000 Reuters Limited. All rights reserved. Republication or redistribution of Reuters Limited content, including by framing or similar means, is expressly prohibited without the prior written consent of Reuters Limited. Reuters Limited shall not be liable for any errors or delays in the content, or for any actions taken in reliance thereon.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: