Publicidade

Notícias de saúde

Cocaína e tabaco durante a gestação causam prejuízo ao desenvolvimento da criança

26 de julho de 2007 (Bibliomed). A gravidez é um período no qual inúmeros fatores podem influenciar, de forma positiva ou negativa, o desenvolvimento tanto físico quanto intelectual, do futuro recém-nascido. O hábito de fumar, ingerir bebidas alcoólicas, usar drogas ou mesmo a ocorrência de infecções durante a gestação, são situações comumente verificadas e que, quando presentes, podem interferir negativamente na formação do feto.

Pesquisadores americanos da Universidade de Ohio realizaram um estudo mostrando a influência do uso do cigarro e da cocaína, no período pré-natal, sobre o desenvolvimento da linguagem da criança. O artigo foi publicado na revista Pediatrics, em julho de 2007.

Para a pesquisa, 209 crianças, cujas mães utilizaram cocaína durante a gestação, e 189 crianças não-expostas, foram acompanhadas desde o nascimento e durante as idades de 1, 2, 4 e 6 anos. Elas foram comparadas principalmente quanto à capacidade de compreensão, expressão e domínio da linguagem, ao longo dos anos. Outro fato pesquisado durante o estudo foi a influência do cigarro e de outros fatores ambientais sobre as criançanças.

Após seis anos de acompanhamento, tanto as crianças expostas quanto as não-expostas, apresentaram declínio da linguagem. Contudo, ficou evidente para os investigadores, que a exposição à cocaína durante o período gestacional, provoca mais sérios e significativos danos no desenvolvimento da linguagem das crianças, em todos os tópicos avaliados e em todas as idades. Além disso, a influência do cigarro e de outros fatores ambientais também demonstrou ser importante em relação à capacidade de compreensão lingüística das crianças, nas quais esse fato ocorreu. Essas crianças obtiveram uma baixa pontuação em comparação às crianças não-expostas.

Os achados, encontrados pelos pesquisadores, demonstraram a importância de se instaurar práticas educacionais de prevenção ao uso de drogas, principalmente durante a gravidez, assim como a aquisição de métodos mais eficazes para o acompanhamento de crianças que sofreram a influência desses fatores.

Fonte: Pediatrics; 120(1): e78 – e85 (July 2007)

Copyright © 2007 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: