Publicidade

Notícias de saúde

Consumo regular de chá pode diminuir o risco de câncer

11 de junho de 2007 (Bibliomed). Estudos já realizados sugerem que os componentes encontrados no chá, como os polifenóis, parecem possuir propriedades químicas protetoras, capazes de inibir a ocorrência de câncer de pele em animais de laboratório.

Uma pesquisa desenvolvida pelo Dartmouth College Center for Environmental Health Sciences, em Honover, procurou avaliar se o consumo regular de chá (uma ou mais xícaras por dia, por mais de um mês) poderia influenciar na redução do risco de desenvolvimento de carcinoma de células escamosas e de células basais.

Para o desenvolvimento do estudo, indivíduos com carcinoma de células basais e de células escamosas, foram comparados à outros do mesmo sexo e idade, porém sem a doença.

De acordo com os resultados obtidos, aqueles que apresentavam um hábito regular de consumo de chá, possuíam um menor risco de desenvolver o carcinoma de células escamosas, especialmente se esse costume era de longa data e estava associado à ingestão de duas ou mais xícaras por dia. Entretanto, esses fatos foram fracamente associados ao risco de carcinoma de células basais.

Pode-se concluir, portanto, que os achados encontrados são condizentes, e suportam a idéia de que o chá apresenta componentes que são protetores ao desenvolvimento de câncer.

Fonte: Journal of the American Academy of Dermatology; 56 (5): 781 – 785 (May 2007)

Copyright © 2007 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: