Publicidade

Notícias de saúde

Novo tratamento reduz a mortalidade no câncer do estômago

19 de Maio de 2005 (Bibliomed). Os resultados finais do maior estudo internacional realizado em pacientes com câncer do estômago avançado, também conhecido como câncer gástrico, demonstrou que os pacientes que receberam um esquema de quimioterapia com base no concentrado combinado injetável de Taxotere® (docetaxel), cisplatina e 5-fluorouracil, melhorou significativamente os índices totais de sobrevida, comparado com pacientes que receberam tratamento padrão (cisplatina e 5-fluorouracil).

A sobrevida total foi maior com o tratamento baseado no esquema que incluiu o Taxotere® com uma redução de risco estatisticamente significativa de 23% na mortalidade no tempo médio de acompanhamento de 23 meses. Além disso, os resultados do estudo mostraram que duas vezes mais pacientes que receberam tratamento baseado no esquema com Taxotere® estavam vivos (18%) comparado com aqueles tratados com terapia padrão (9%) após 23 meses de acompanhamento, o que foi estatisticamente significativo.

Os resultados finais do estudo de referência foram apresentados esta semana na 41ª Reunião da Sociedade Americana de Oncologia Clínica (ASCO) em Orlando, Flórida.  

O câncer de estômago é o quarto tipo de tumor mais comum no mundo, sendo diagnosticados aproximadamente 870.000 novos casos a cada ano. No Brasil, segundo o Instituto Nacional do Câncer (Inca), estão previstos para 2005 o surgimento de 23.145 novos pacientes

Copyright © 2005 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: