Publicidade

Notícias de saúde

Dirigir e falar ao celular com kit viva-voz retarda as reações do motorista

18 de novembro de 2004 (Bibliomed). Após observações que indicam que a condução da direção com uma mão no volante e outra no telefone celular é perigosa, muitos motoristas passaram a usar a fones de ouvido ou kits de viva voz. Mas agora, os cientistas dizem que novos estudos indicam que também os kits de viva-voz resultam em condução ruim. Isso é o que foi observado em um novo estudo, realizado na Universidade de Illinois, em Urbana-Champaign.

De acordo com os investigadores, motoristas que usam telefones celulares com viva-voz muitas vezes podem ter dificuldade de observar obstáculos perigosos à frente na estrada.

Na pesquisa, vinte e oito motoristas foram submetidos a uma experiência de realidade virtual na qual eles estavam ativamente envolvidos com um simulador de direção e mantinham uma conversação com telefone celular com viva-voz, enquanto cenas de tráfego e arquitetônicas eram projetadas continuamente na frente deles. Cada imagem, projetada de maneira fugaz, requeria uma atitude rápida. Os resultados observaram que, tanto no caso de motoristas mais velhos e experientes, como com motoristas mais jovens e com pouco tempo de direção, ocorria um retardo nas reações enquanto a conversação ao telefone era mantida.

O estudo foi publicado na revista Human Factors, e divulgada em informe à imprensa da Universidade de Illinois.

Fonte: News Release, University de Illinois, Urbana-Champaign.

Copyright © 2004 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: