Publicidade

Notícias de saúde

Novos mecanismos para tratamento das cefaléias chegam ao Brasil

07 de Abril de 2003 (Bibliomed). Três novos medicamentos para o alívio das enxaquecas e cefaléias serão discutidos durante o Simpósio Internacional sobre Novos Avanços no Tratamento das Cefaléias, que reunirá cerca de 500 especialistas em dores de cabeça, nos próximos dias 25 e 26, em São Paulo. Os resultados dos estudos sobre o Frovatriptan, Eletriptan, Almotripan – medicamentos ainda não existentes no Brasil – serão apresentados durante o evento, assim como a comprovação da sua eficácia.

No dia 25, o tema Cefaléias na Mulher será abordado pelo neurologista Stephen Silberstein, presidente da Sociedade Americana de Cefaléia, considerado a maior autoridade médica nesse tema. Mario Peres, neurologista do Centro de Cefaléia São Paulo, explica que normalmente as cefaléias aparecem para as mulheres no período reprodutivo, ou seja, na TPM, gravidez, pós-gravidez e menopausa. O hormônio melatonina é também uma das novidades nos mecanismos causadores de cefaléias.

Peres explica que para a enxaqueca menstrual, por exemplo, existem hoje duas situações: a prevenção a curto prazo e o tratamento da crise. Para essas pacientes o Frovatriptan é um tratamento que prolonga o efeito do controle da dor de cabeça, o que não acontece com os outros remédios já existentes. Além disso, ele também atua como um abortivo e tratamento para as crises da enxaqueca.

Mas o grande enfoque mesmo será dado ao Topamax, cuja substância ativa é o topiramato, substância essa que atua como um anticonvulsivante. “O Topamax talvez não seja uma grande novidade para o especialista em cefaléia, mas queremos mostrar os estudos e, dessa forma, dar mais uma opção para a classe médica”, disse. A novidade no Topamax é que, além de atuar bem na prevenção das crises, ele também induz a perda de peso – uma preocupação da maioria das pacientes. Os estudos mostraram que a substância atuou como excelente modulador do humor e da ansiedade, sintomas freqüentes nessa classe de pacientes.

No dia 26, o tema será a Cefaléia Crônica Diária. Será abordada a questão das cormobidades (doenças associadas as crises como a depressão, ansiedade, distúrbios do sono e fibromialgia), o uso excessivo de analgésicos, o melhor tratamento a ser usado, o tipo de diagnóstico e a utilização dos anticonvulsivantes. Informações e inscrições através do telefone (11) 3704-4377.

Copyright © 2003 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: