Publicidade

Notícias de saúde

Estudo mostra que a espiritualidade pode melhorar a evolução da artrite

Belo Horizonte, 30 de Janeiro de 2002 (Bibliomed). Cada vez mais a ciência se rende às questões espirituais e psicológicas. Agora é a vez da relação entre melhora dos sintomas da artrite reumatóide, uma doença degenerativa e incapacitante das articulações, e o nível de espiritualidade dos pacientes.

Pesquisadores do John Hopkins School of Medicine em Baltimore, Maryland estudaram 77 pacientes que eram portadoras de artrite reumatóide por mais de 2 anos. Aproximadamente 25% dos pacientes relatavam níveis clinicamente significativos de sintomas depressivos, e relatavam sintomas em 12 articulações em média (mulheres) e 7 articulações em média (homens).

No estudo, pessoas com nível mais alto de vida espiritual – que freqüentavam igrejas, liam a Bíblia e rezavam – se sentiam menos incapacitadas e mais saudáveis do que as pessoas com nível mais baixo de vida espiritual. Outra característica é que os mais espiritualizados também relatavam pensamentos mais positivos.

Outra característica observada foi que pessoas mais espiritualizadas tendiam a enfrentar melhor os desafios adaptativos da doença – que pode impedir os pacientes de desempenhar sua profissão, realizar tarefas diárias, etc. – do que os menos espiritualizados.

Outras características deste grupo foram maior resistência aos problemas, serem menos passivos, mais perseverantes e mais íntimos de outras pessoas. Mesmo após os pesquisadores realizarem a comparação levando em conta o nível de doença, o grau de incapacitação, a idade, a escolaridade, o cansaço e o grau de independência individual nas tarefas diárias, as diferenças permaneceram significativas.

Vários fatores podem explicar esta ligação entre fé e saúde. As pessoas que têm fé encaram de forma diferente os desafios da vida, tendendo a sentir estes desafios como um tipo de aprendizado para melhora de sua própria pessoa. Além disto, pessoas que têm fé e a praticam tendem a serem mais bem relacionadas com outras, de forma que o apoio social dos semelhantes torne também mais fácil suportar as adversidades.

Os pesquisadores fazem uma distinção muito clara entre espiritualidade e religiosidade. Segundo eles, a espiritualidade é uma crença de que existe um poder acima de você e de sua própria existência, e a religiosidade está ligada a seguir uma determinada crença ou doutrina em particular. Os achados deste estudo se referem à espiritualidade, logo a religião específica dos pacientes não foi levada em conta.

O estudo foi apresentado em um encontro de profissionais da Associação de Reumatologia dos EUA ocorrido neste ano.

Copyright © 2002 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: