Publicidade

Notícias de saúde

Ação da berinjela contra o colesterol é controversa

Belo Horizonte, 26 de Setembro de 2001 (Bibliomed). A berinjela tem sido muito consumida no Brasil por se atribuir a ela um efeito hipocolesterolêmico, ou seja, o de reduzir o colesterol no sangue.

Sabe-se que a berinjela apresenta pouquíssimas calorias e praticamente nenhuma gordura, apesar de proporcionar uma sensação de saciedade. Assim como a maioria dos vegetais, ela tem em sua composição, sais minerais, destacando-se o cálcio, ferro e fósforo.

Recentemente, tornou-se moda usar o suco da berinjela misturado ao suco de laranja para reduzir o colesterol. Entretanto, estudos científicos no Brasil e no mundo não chegaram a nenhum consenso sobre os resultados.

Pesquisas desenvolvidas no Departamento de Bioquímica da Universidade de Kerala, na Índia, mostraram que substâncias conhecidas como flavonóides, extraídas do fruto da berinjela, quando administradas na dose 1 mg/100g de peso por dia causou uma significativa diminuição do colesterol em ratos com colesterol alto. Esses pesquisadores mostraram também que os flavonóides isolados da berinjela apresentavam uma potente atividade antioxidante.

Em outro estudo, pesquisadores brasileiros do Instituto de Biociências da Unesp, em Botucatu, avaliaram o efeito do consumo da berinjela em coelhos com colesterol alto. Todos os dias pela manhã, durante três semanas, os animais consumiram berinjela e, no final do estudo, o colesterol dos animais chegou a cair 30%.

Pesquisadores americanos, por sua vez, investigaram os mecanismos das propriedades hipocolesterolêmicas de dietas contendo 1% grama de pó de folha ou de fruto da berinjela em ratos e verificaram que os níveis de colesterol no sangue e no fígado não foram afetados. Estudos brasileiros também encontraram resultados semelhantes. Em pesquisa feita pelo Instituto de Ciências Biológicas, em Belo Horizonte, foram avaliados os efeitos da berinjela em 38 voluntários humanos.

Eles foram avaliados durante cinco semanas e divididos em grupos. Um deles recebia a infusão de berinjela e o outro placebo. Os resultados mostraram que não houve nenhum efeito significativo da berinjela em reduzir o colesterol. Enquanto os estudos não chegam a uma conclusão sobre o benefício do uso da berinjela no tratamento do colesterol, vale a pena continuar usando esse vegetal. Afinal, ela é rica em sais minerais e de baixas calorias e deve estar sempre presente no cardápio diário.

Copyright © 2001 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: