Publicidade

Notícias de saúde

Mulher de Cingapura com HIV usa Internet como Tribuna

CINGAPURA (Reuters) - A Internet foi o veículo ideal para divulgar as idéias de uma jovem de Cingapura infectada com o HIV, o vírus da AIDS. Aos 20 anos, a garota, que escolheu o pseudônimo "Natashya Yong", queria falar de sua experiência, porém sem sair do anonimato.

"As pessoas acreditam mais em experiências do que em publicidade. Quando elas vêem um exemplo da vida real é totalmente diferente", diz Natashya.

"Estou preparada a dividir minhas experiências, pois sei que isso contribuirá muito para a compreensão das pessoas".

Natashya preferiu o anonimato para preservar sua família. Apenas um ativista famoso em Cingapura, Paddy Chew, declarou abertamente que estava com a doença. Chew, que morreu em 1999, também usava a Internet para discutir a AIDS.

"Existe um preconceito muito grande em Cingapura. As pessoas são idiotas. São muito preconceituosas", disse Natashya. A partir de sua iniciativa, dois outros militantes da Action for AIDS (AFA) se uniram a ela nos chats online.

As perguntas dos participantes da conversa virtual com Natashya Yong trataram principalmente dos riscos de contaminação e custos do tratamento. A experiência, promete Natashya, se repetirá em breve.

Sinopse preparada por Reuters Health

Copyright © 2000 Reuters Limited. All rights reserved. Republication or redistribution of Reuters Limited content, including by framing or similar means, is expressly prohibited without the prior written consent of Reuters Limited.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: