Publicidade

Notícias de saúde

Brasil: Nova Cirurgia de Catarata Será Realizada pelo Sistema Único de Saúde (SUS)

São Paulo, 28 de Novembro de 2000(eHLA). A facoemulsificação, uma nova técnica cirúrgica para curar a catarata, será incluída na tabela do Sistema Único de Saúde (SUS). A cegueira por catarata atinge hoje entre 500 e 600 mil brasileiros. O anúncio foi do Ministro da Saúde, José Serra, ao assinar portaria que possibilitará os hospitais públicos do País utilizar a nova técnica. A facoemulsificação diminui o tempo cirúrgico para 15 minutos e permite a recuperação do paciente em três dias. Não existe tratamento clínico da catarata, o mesmo é sempre cirúrgico. Segundo o oftalmologista Renato A. Neves, Assistente do Setor de Catarata e Córnea da Escola Paulista de Medicina, a técnica de facoemulsificação permite que a cirurgia seja uma experiência não traumática para o paciente, não necessitando de internação, realizando-a sob anestesia local e voltando para casa em poucas horas. A recuperação da visão é praticamente imediata, na maioria das vezes não necessitando de curativo. “A técnica utiliza a energia de ultra-som para dissolver e aspirar o cristalino através de uma pequena incisão ao redor de 3 mm que cicatriza rapidamente não necessitando de pontos e não causando inflamação. Em seguida, uma lente intra-ocular é implantada no lugar do cristalino permitindo a sua substituição na focalização da imagem”, explica Neves. O cálculo desta lente antes da cirurgia permite que possa haver a correção do grau do paciente. Nesta técnica, há maior segurança durante e depois da cirurgia. O olho praticamente não é aberto, não são dados pontos e a recuperação é quase imediata (no máximo sete dias). Não exige repouso. Não provoca astigmatismo.

O que é a catarata?

O cristalino é uma lente natural, localizada no interior dos olhos, atrás da íris. A perda da transparência desta lente constitui a catarata que impede que a imagem atinja a retina. Os principais sintomas da doença são: ofuscamento ao olhar as luzes à noite, imagem borrada e perda da percepção de cores. “A melhora da visão de perto pode ocorrer nas fases iniciais.

Isto se deve a um aumento do cristalino tornando o paciente mais míope”, alerta o oftalmologista. A principal causa da catarata esta relacionada à idade, porém doenças sistêmicas como o diabetes, alterações congênitas, uso de medicamentos (cortisona), traumas e inflamações dos olhos podem ser fatores predisponentes.

Copyright © 2000 eHealth Latin America

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: