Publicidade

Notícias de saúde

Vitamina E Pode Reduzir Risco de Derrame em Hipertensos

Por Alan Mozes

NOVA YORK (Reuters Health) - Para homens hipertensos (com pressão sanguínea alta), tomar suplementos de vitamina E pode diminuir o risco de derrames fatais ou incapacitantes, informaram pesquisadores.

"Homens hipertensos com histórias de diabete e doença cardíaca parecem se beneficiar com suplementos de vitamina E", informou a equipe de Jaana M. Leppala do Universidade de Helsinque (Finlândia), em trabalho publicado na edição de outubro do Archives of Neurology.

A equipe observou a função potencial dos suplementos de vitamina E e de betacarotenos na ocorrência e nas consequências do derrame.

Os pesquisadores estudaram homens fumantes no sudoeste da Finlândia. Os homens tinham entre 50 e 69 anos de idade quando começou o estudo, entre 1985 e 1988.

Quase 30 mil pessoas participaram do estudo e foram divididas em quatro grupos: o primeiro recebeu suplementos de vitamina E, o segundo recebeu suplementos de betacaroteno, o terceiro recebeu os dois suplementos e o quarto grupo recebeu um placebo (substância inativa).

Todos os homens foram submetidos a uma avaliação médica geral e completaram questionários no início do estudo.

Durante a participação no grupo de estudo, em alguns casos seis anos ou mais, os homens foram examinados três vezes ao ano.

Para homens que não tinham pressão sanguínea elevada, os suplementos de vitamina E virtualmente não tiveram efeito sobre o risco de derrame, verificaram os pesquisadores.

Para homens com pressão sanguínea elevada, o suplemento diminuiu o risco de derrame, sem aumentar qualquer risco associado de sangramento cerebral em pacientes que também tinham diabete.

Geralmente, o derrame é classificado em hemorrágico ou isquêmico, conforme sua natureza. O derrame hemorrágico envolve sangramento no cérebro, enquanto o derrame isquêmico resulta de uma interrupção do suprimento sanguíneo para uma área do cérebro podendo levar à morte do tecido.

O suplemento com betacarotenos não pareceu ter qualquer "efeito consistente", exceto no grupo específico de pacientes que ingere bebidas alcoólicas. O uso de betacarotenos foi associada tanto à diminuição do risco de derrame isquêmico quanto ao aumento do derrame hemorrágico entre pessoas que bebem. As duas indicações foram mais fortes à medida que mais álcool foi consumido.

Na publicação que divulgou o trabalho, Leppala e seus colegas enfatizaram que suas descobertas eram preliminares e que mais estudos são necessários para esclarecer e apoiar as implicações iniciais em torno do uso tanto de vitamina E quanto dos suplementos de betacaroteno.

Sinopse preparada por Reuters Health

Copyright © 2000 Reuters Limited. All rights reserved. Republication or redistribution of Reuters Limited content, including by framing or similar means, is expressly prohibited without the prior written consent of Reuters Limited. Reuters Limited shall not be liable for any errors or delays in the content, or for any actions taken in reliance thereon.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: