Publicidade

Notícias de saúde

Moléculas sintéticas ajudam a controlar a AIDS

10 de dezembro de 2013 (Bibliomed). Pesquisadores da Universidade de Valência, na Espanha, desenvolveram moléculas sintéticas que são capazes de se ligar ao material genético do HIV e bloquear sua replicação. Isto significa que o vírus não consegue infectar outras células do organismo.

O material genético do vírus HIV, o HIV-1, é formado de ribonucleico (RNA) e codifica várias proteínas, o que permite que ele penetre nas células humanas e se multipliquem dentro delas.

Os novos inibidores, desenvolvidos em laboratório a partir de avançadas técnicas de simulação em computador, são chamados de terfenilos e foram concebidos para imitar as interações das proteínas codificadas pelo vírus, sobretudo a proteína viral chamada Rev.

Os terfenilos ligam-se ao receptor de proteínas Rev no RNA viral, impedindo, dessa forma, a interação entre a proteína e seu receptor de RNA. Tal interação é necessária para que o material genético do vírus deixe o núcleo da célula infectada e é essencial para a sobrevivência do HIV-1.

O fato de os terfenilos bloquearem a saída do material genético do vírus do núcleo da célula impede a infecção de outras células. Os especialistas explicam que as empresas farmacêuticas têm centrados os estudos no desenvolvimento de drogas que visam alvos protéicos, uma vez que a abordagem baseada em receptores de RNA era considerada complexa demais.

Os pesquisadores vão continuar a pesquisa, a fim de melhorar as propriedades farmacológicas dos inibidores Rev sintéticos e planejar os primeiros testes in vivo.
Fonte: Diário da Saúde, 05 de dezembro de 2013

Conheça a evolução da AIDS em Boa Saúde

O comprometimento pancreático é comum em pacientes com AIDS. Veja em Bibliomed

Copyright © 2013 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: