Publicidade

Notícias de saúde

Quase 20% dos adolescentes suicidas vivem em casas com armas

10 de maio de 2013 (Bibliomed). Pesquisa apresentada no Pediatric Academic Societies Annual Meeting 2013, que ocorreu de 4 a 7 de maio em Washington, nos Estados Unidos, mostra que quase 20% dos jovens que tentam suicídio possuem armas de fogo em casa.

O suicídio está entre as principais causas de morte entre jovens com idade entre dez e 24 anos. Quase metade daqueles que tentam se matar utiliza armas de fogo, e desses, 90% morrem.

De acordo com o autor do estudo, Stephen Teach, do Children's National Medical Center in Washington, os setores de emergência são locais onde se pode fazer uma triagem para avaliar os adolescentes para risco de suicídio. 

Dr. Teach explica que sua equipe desenvolveu um questionário que busca avaliar o risco de suicídio entre os jovens atendidos. O Ask Suicide-Screening Questions contempla quatro pontos: se não última semana o jovem desejou estar morto; se sentiu que ele ou sua família estariam melhores se ele estivesse morto; se tem pensamentos suicidas; e se alguma vez já tentou se matar.

Dos 524 pacientes selecionados (com idade média de 15 anos), 344 apresentaram queixas médicas, sendo 180 por razões de saúde mental. Os adolescentes em situação de risco para o suicídio foram convidados a seguir um programa de acompanhamento e foram questionados sobre a existência de armas de fogo em suas casas, e se eles sabem onde são guardadas e se têm acesso a elas e à munição.

Os resultados mostraram que dos 151 adolescentes com triagem positiva para suicidio, 26 relataram ter armas em casa ou na casa de alguém próximo. Um terço deles disseram ter acesso às armas.

O questionário demonstrou uma sensibilidade elevada (96,9%), especificidade (87,6%), e um valor preditivo negativo elevado (99,7% e para os doentes clinicos e 96,9%  para os pacientes psiquiátricos).

Dr. Teach diz que os profissionais do departamento de emergência podem desempenhar um papel importante na identificação de jovens em risco de suicídio. De acordo com a American Academic of Pediatrics, ferimentos a bala responsável por uma em cada 25 internações em centros de trauma pediátricos nos Estados Unidos.

Fonte: Pediatric Academic Societies Annual Meeting 2013, 4 a 7 de maio em Washington, nos Estados Unidos

Copyright © 2013 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: