Publicidade

Artigos de saúde

A vida é melhor sem óculos...

Neste artigo:

- A visão de volta aos jovens e adultos
- Idosos mais cheios de vida
- O resgate das atividades e da auto-estima

"Com o avanço da medicina, já é possível dizer que os óculos são antiquados e as lentes de contato, trabalhosas e custosas. Quem possui algum tipo de "grau" sempre sonhou em acordar pela manhã enxergando sem precisar tatear à sua volta, procurando por seus óculos. Praticar esportes, vida social,festas, trabalhos e muitas outras situações ficariam melhores se houvesse a independência dos óculos ou lentes de contato, vendo a vida com seus próprios olhos.

E é por meio da cirurgia a laser, pelo método LASIK, para a correção de miopia, astigmatismo e hipermetropia ou pela cirurgia com o ultra-som para o implante de lentes intra-oculares, que tudo isto tornou-se possível."

A visão de volta aos jovens e adultos

Mais comum entre jovens e adultos, a miopia até 12 graus, o astigmatismo até 6 graus e a hipermetropia até 5 graus podem ser corrigidos isoladamente ou quando combinados, pelo LASIK, desde que o grau esteja estabilizado, e o exame oftalmológico completo não mostre nenhuma alteração. Portanto, um cuidadoso exame deve ser realizado e as devidas orientações e dúvidas esclarecidas, avaliando se o candidato está ou não apto para ser operado.

A cirurgia a laser consiste em esculpir, e modelar a curvatura da córnea com a tecnologia do laser frio, chamado Excimer Laser. Os aparelhos de ultima geração, fazem com que a previsibilidade, a segurança e a estabilidade cirúrgica tornem-se mais altas, mas sempre a confiança e experiência do cirurgião se fazem absolutas.

Idosos mais cheios de vida

Muitas vezes, nossos pais e avós, quando abandonam atividades usuais e corriqueiras, fazem isso porque pode estar ocorrendo uma perda gradativa da visão, a qual passa a interferir na sua qualidade de vida, impingindo-lhes restrições, pois os deixa inseguros. Pessoas com mais de 55 anos de idade , que passam a apresentar alteração no grau dos óculos, e alteração visual, podem estar iniciando o desenvolvimento de catarata. Ao contrário do que a maioria das pessoas pensam, a cirurgia da catarata, atualmente é praticada pela técnica da Facoemulsificação do cristalino (Ultra-som), não há mais a necessidade do ¨tal amadurecimento da catarata¨ por completo.muito pelo contrário. A catarata por esta técnica, será dissolvida e fracionada ou melhor dizendo, fragmentada em pequenas partículas que serão aspiradas pelo equipamento adequado. Trata-se da cirurgia sem pontos, feita por uma micro-incisão, implantando-se uma lente intra-ocular, que substituirá o poder dióptrico do antigo cristalino. Atualmente, estas lentes são injetadas, pois são flexíveis e dobráveis. A anestesia é local. No momento do diagnóstico, a cirurgia já pode ser indicada se o cirurgião possuir a experiência necessária para realizá-la.

Devemos lembrar que a correção da catarata também vem acompanhada da correção total ou parcial do grau prévio do paciente. O avanço tecnológico das novas lentes intra-oculares permite o cálculo preciso do grau residual, muitas vezes, fazendo com que haja abandono dos óculos em definitivo.

O resgate das atividades e da auto-estima

Nos procedimentos indicados, os aparelhos são todos computadorizados e as cirurgias são programadas de acordo com as características do olho de cada pessoa. A cirurgia LASIK tem um tempo total de 7 a 10 minutos por olho e a da Facoemulsificação em torno de 20 minutos.

De acordo com o oftalmologista do Instituto Penido Burnier, de Campinas São Paulo, Dr. Queiroz Neto, logo após a cirurgia, a recuperação da visão é rápida. O ritmo de vida da pessoa não sofrerá grandes restrições ou mudanças e, em menos de uma semana, já é possível praticar esportes, trabalhar, dirigir, viajar e realizar outras atividades sem a necessidade de carregar os incômodos óculos ou as trabalhosas lentes de contato. Hoje estas cirurgias são realizadas no Brasil com aparelhos iguais aos utilizados nos EUA, com as mesmas normas de segurança, afirma o Dr.Queiroz Neto. (Email: leoncio@penidoburnier.com.br).

Copyright © 2003 Bibliomed, Inc.                 18 de Dezembro de 2003.



Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: