Publicidade

Artigos de saúde

Gripes e Resfriados - Saiba como Evitar este Mal

Febre, dores no corpo, mal estar e desânimo. Os sintomas da gripe são conhecidos e está comprovado que na mudança de clima e temperatura os vírus gripais (adenovírus e influenza, principalmente) encontram condições mais propícias de se fixarem no organismo. Não existe remédio contra a gripe, mas algumas medidas preventivas podem ser tomadas para tentar se livrar do incômodo. Evitar lugares muito fechados e com muita aglomeração de pessoas, se agasalhar e fazer uso de vitaminas A e C na prevenção.

De uma maneira geral, os estudiosos do assunto recomendam tantos as vitaminas concentradas comercializadas em farmácias naturalistas ou tradicionais quanto às encontradas nos alimentos. A vitamina C está contida nas frutas cítricas (laranja, mexerica, tangerina e acerola e a A nos alimentos corados como cenoura, beterraba e tomate). Para quem é pego de surpresa, a alternativa é tratar dos sintomas.

Complicadores

Uma simples gripe pode evoluir para a infecção bacteriana das vias aéreas superiores. É imprescindível a participação do médico para fazer o diagnóstico e receitar os medicamentos específicos, no caso antibiótico, se infecção bacteriana ocorrer. Cada tipo de infecção exige um critério e medicamentos adequados. A automedicação é absolutamente condenável. O antibiótico, além de ter que ser apropriado, deve ser ingerido durante o tempo determinado pelo médico. A interrupção precipitada faz com que a bactéria adquira resistência e a infecção se torne mais difícil de ser tratada.

O perigo maior é a passagem para um quadro de pneumonia. Este é um estágio mais grave e requer cuidado especial. As pessoas são acometidas de pneumonia quando são portadores na maioria das vezes de infecções bacterianas. Os perigos maiores são as extravagâncias e a falta de cuidado. O paciente com pneumonia não deve se expor a correntes de ar, deve estar sempre bem agasalhado e não pode ingerir alimentos gelados. O tratamento exige uso de antibióticos, repouso e hidratação oral (bastante água e sucos).

Se a gripe se prolonga por mais de uma semana ou é mal curada, pode-se desenvolver um quadro de sinusite. A doença se manifesta por causa de uma predisposição anatômica ou , porque o paciente é alérgico predispondo-se à instalação da bactéria. Os principais sintomas são a sensação de peso na cabeça ou na face, acompanhada de secreção catarral contínua.

O tratamento é feito com antibióticos e dura em torno de duas semanas. Algumas medidas ajudam na drenagem da secreção como a vaporização, o uso de descongestionantes nasais e medicamentos que desobstruem os seios da face por via oral. Os especialistas desaconselham o uso prolongado das gotas nasais. Elas provocam problemas colaterais como aumento da pressão arterial, alteração do ritmo cardíaco, e irritação local da mucosa.

Rinite e Idosos

A rinite alérgica chega ser confundida com a gripe, provoca coceira no nariz, espirros e obstrução nas narinas. Mas não dá dores no corpo, febre ou mal estar. Apesar de mais freqüente no inverno, não é ocasionada pela queda de temperatura, mas pela mudança de hábitos no inverno. Nesta época, as pessoas ficam mais recolhidas em casa, local onde o ácaro e a poeira costumam se instalar.

As pessoas idosas portadoras de processos respiratórios crônicos, enfisemas pulmonares e bronquite crônica devem ficar atentas no inverno. O mesmo cuidado vale para os tabagistas e os asmáticos. A idade avançada aumenta a vulnerabilidade às infecções. Quando os idosos apresentam sintomas gripais intensos, devem procurar imediatamente um médico, já que é grande o risco de pneumonia e infecções respiratórias.

Copyright © 2000 eHealth Latin America



Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: