Folhetos de saúde

Espondiloartropatias Soronegativas

© Equipe Editorial Bibliomed

O que são as espondiloartropatias soronegativas?

As espondiloartropatias soronegativas são um grupo de várias doenças que têm manifestações comuns e podem envolver diversos órgãos. São freqüentemente associadas ao comprometimento das articulações sacroilíacas e da coluna vertebral.

Quais são as características comuns das espondiloartropatias soronegativas?

Todas elas são acompanhadas de um mesmo marcador genético, o HLA-B27. Denominam-se soronegativas, pois a pesquisa de fator reumatóide é negativa em quase todos os casos. Fazem parte desse grupo de doenças: a espondilite anquilosante, a síndrome de Reiter e outras artrites reativas (artrite psoriásica, artrites enteropáticas  - doença de Crohn, retocolite ulcerativa, doença de Whipple - e artroosteíte pustulosa).

O que é a espondilite anquilosante?

A espondilite anquilosante é uma doença inflamatória de causa desconhecida, que acomete a coluna vertebral e a articulação sacroilíaca. Pode atingir todos os segmentos vertebrais, causando limitação dos movimentos e invalidez. Ocorre lesão das articulações sinoviais e os ligamentos adjacentes às vértebras, especialmente nos pontos de inserção. Ocorre quatro vezes mais em homens que em mulheres, normalmente em pessoas jovens, até os 30 anos de idade. O HLA-B27 esta presente em até 80% dos casos da doença. O fato de ser uma doença inflamatória, por vezes febril, induz à suposição de uma causa infecciosa.

O que é a síndrome de Reiter?

A síndrome de Reiter é uma tríade composta de: artrite, uretrite e conjuntivite. Não se sabe quais são suas causas, e ela ocorre mais em homens com vida sexual ativa. Os sintomas articulares variam desde simples dores articulares até artrites, oligoarticulares ou poliarticulares. Acomete mais os membros inferiores, sem ser igual dos dois lados.  A conjuntivite é geralmente transitória e pode evoluir com complicações.

E a artrite reativa, o que é?

É uma doença que acomete as articulações, que ocorre em média 2 a 4 semanas após uma infecção bacteriana no intestino ou trato genitourinário. É diferente de outras artrites induzidas por infecção devido à sua associação com o Complexo Principal de Histocompatibilidade, via antígeno HLA-B27. Normalmente atinge algumas poucas articulações dos membros inferiores.

O que é a artrite psoriásica?

A artrite psoriásica é uma doença articular inflamatória que ocorre em 5% dos pacientes com psoríase. Seus sintomas incluem dores articulares, acometimento da coluna vertebral, com inflamação, podendo haver sinais de doença nas unhas e na pele. Geralmente ocorre um espaço de 20 anos entre o início da psoríase até o surgimento dos sintomas. Pode ocorrer trauma precedendo o início da doença. O diagnóstico é feito normalmente depois do achado associado de lesões cutâneas características da psoríase.

Com tantos sintomas parecidos, como lidar com um caso suspeito?

Sempre que houver suspeita de qualquer uma dessas doenças, um médico deverá ser consultado. Apenas um profissional habilitado está capacitado para diagnosticar e tratar essas condições.

Fonte: Bibliomed (www.bibliomed.com.br)

 

Veja também