Ebola: 6 coisas que você deve saber a respeito

Comment

Medicina

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), a epidemia atual de ebola (no oeste da África) é a pior de que se tem registro na história. A seguir, destacamos algumas das principais dúvidas sobre a doença.

1. O que é ebola?
Ebola é um vírus altamente infeccioso que, em humanos, causa uma doença aguda grave que leva o mesmo nome. O Ebola é uma das doenças mais mortais que existem, sua taxa de mortalidade pode chegar a 90%, motivo pelo qual causa pânico nas populações infectadas.

2. Como é a sua transmissão?
O Ebola pode ser contraído tanto de humanos como de animais.

A transmissão do vírus se dá pelo contato direto com sangue, fluidos corporais ou tecidos de pessoas infectadas. Segundo registros, existem casos em que a transmissão se deu através da manipulação de animais selvagens infectados ou mortos.

3. Quais são os sintomas da doença?
Os sintomas iniciais são febre, fraqueza extrema, dores musculares e dor de garganta. Posteriormente, o paciente pode sofrer de vômitos, diarreias e, em alguns casos, hemorragia interna e externa.

4. E o diagnóstico?
Como os primeiros sintomas são comuns a outras doenças, as infecções por Ebola só podem ser diagnosticadas definitivamente em laboratório.

5. Existe tratamento?
Como ainda não existe tratamento ou vacina específicos para a doença, o tratamento consiste em rotina de terapia e suporte geral.

6. Existe o risco de uma epidemia global?
A OMS considera baixo o risco de contágio entre pessoas que viajam a regiões endêmicas, entretanto, a organização divulgou na semana passada um comunicado exigindo que os governantes dessas regiões adotem medidas “drásticas” para combater o surto atual diante da preocupação com a possibilidade de transmissão a países vizinhos.

Em humanos, a doença está limitada majoritariamente à África, embora exista o registro de um caso nas Filipinas.

Fonte: Organização Mundial de Saúde – OMS

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *