Publicidade

Notícias de saúde

Orgasmos podem causar dores de cabeça intensas em adolescentes

06 de julho de 2012 (Bibliomed). Uma condição pouco conhecida pode causar um problema estranho em adolescentes. Para algumas pessoas, o orgasmo pode provocar dores de cabeça muito intensas.

Foram registrados dois novos casos de adolescentes sofrendo desse fenômeno nos Estados Unidos. Os pacientes afetados eram um menino de 16 anos e uma menina de 18. Apesar de estranha e incômoda, a condição não oferece risco de vida.

A neurologista Dra. Amy Gelfand, da Universidade da California, acredita que é importante que as pessoas e profissionais da saúde se informem sobre essa questão. “Eu me pergunto se tem muitos outros adolescentes por aí que estão tendo esse problema e não estão contando a ninguém. É por isso que pediatras devem estar cientes disso, para que um adolescente não precise levantar a questão”.

A literatura médica mostra que cerca de 1% dos americanos já teve dores de cabeça causadas por relações sexuais.

Essas dores se dividem em duas categorias: uma que evolui gradualmente de acordo com a intensidade da relação sexual e outra que ocorre de forma explosiva juntamente com o orgasmo.

Uma possível explicação para a dor que evolui gradualmente é que ela pode estar associada à contração muscular que ocorre durante a atividade sexual. Já a dor explosiva pode ser causada por vasos sanguíneos particularmente sensíveis ao sexo.

Geralmente, o problema desaparece após alguns meses, mas ainda assim é importante que as pessoas busquem aconselhamento médico. “Para adolescentes, se eles estão passando por isso eles (precisam saber que) não são os únicos, por que é provavelmente é embaraçoso falar disso até mesmo com seus amigos. Eles precisam contar aos seus médicos, por que eles provavelmente recomendarão ressonâncias para esses jovens; e existem tratamentos (preventivos) que podem ajudar, para que eles não tenham que ter (o problema)”, explica a Dra. Gelfand.

Os novos casos foram publicados no periódico Pediatrics.

Fonte: Live Science, 2 de julho de 2012

 



Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: